OPINIÃO

Coluna Saul Spinelli

Por
· 3 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Alagamentos

Acompanho a vida de nossa cidade há quarenta nos e sempre tal como líder comunitário ou repórter. Os alagamentos na década de 90 eram em pontos conhecidos e a maioria em áreas ribeirinhas. Ipiranga, Vila Annes, Bom Jesus, Entre Rios e Vitor Issler.

Alagamentos II

Nos últimos dias choveu o que chove em três meses e como não podia ser ao contrário, muitos alagamentos. Pouco tempo e muita água e o Rio Grande do Sul com inúmeros problemas.

Alagamentos III

Nas proximidades da rodoviária os alagamentos tomaram ruas e pátios e a canalização pluvial não foi suficiente. Muitos pontos alagados não tinham problemas com fluxo da água. Infelizmente o que tanto queremos seja a pavimentação 100%, maior ocupação do solo , falta de manutenção nos bueiros, lixo entupindo canalizações são algumas das causas de alagamentos em pontos novos da cidade. Tudo envolve nesta questão dos alagamentos.

Culpado

A maneira mais fácil de encerrar este debate é dizer que a culpa é da gestão ou da população. Seria fácil, mas não é. A culpa é de todos nós e desta forma todos podemos fazer a diferença e melhorar a situação. Melhorar a limpeza sim, reciclar nosso lixo também, diminuir o cimento e aumentar a grama é uma ideia boa também.

Fundo compartilhado

Tenho falado com algumas lideranças na necessidade de protocolarmos projetos de obras de drenagem junto ao fundo compartilhado da CORSAN, fundo que tive o privilégio de colaborar na sua criação.

Fundo compartilhado II

Desde sua criação há seis anos houve o depósito de R$ 16 milhões e algumas obras de drenagem podem ser feitas com tal verba. Podemos ver obras necessárias na Vila Nova, Ipiranga, Vitor Issler, Vila Carmem, Schisler, Entre Rios e Centro. Obras pequenas que colaborem no fluxo da água.

Dragagem

Na Vila Ipiranga e Vila Nova os moradores esperam há dez anos obras de dragagem nas sangas das respectivas comunidades. Obras necessárias, assim como plantio de vegetação para evitar erosão. Projetos necessários para serem implementados com verba do fundo compartilhado. Este era o principal objetivo quando de sua criação.

Espera

Catarina Azeredo emprestou seu terreno para uma canalização comunitária, mas aguarda a conclusão da obra para poder construir a casa para filha. Na época esgoto construído na porta de sua casa e esgoto cloacal em dias de sol obriga a moradora fechar janelas e portas. Obra também para o fundo compartilhado da CORSAN.

Esgoto Cloacal

Este tema avançou e me orgulho de ter participado na criação do fundo compartilhado e também do fundo para universalização da coleta e tratamento de esgoto. Acredito que este é o caminho. Diálogo, persistência e ação.

BOE

O Presidente da UAMPAF, Luiz Valendorf acompanhado deste colunista e ainda de outros lideres comunitários entregou para o Governador Sartori o pedido de volta dos policiais do BOE. Governador prometeu para julho a volta e foi questionado o porquê Passo Fundo perdeu 100% dos policiais enquanto Santa Maria 50%. Passo Fundo é a 7° economia do Estado e não tem explicação o descaso do Estado em muitas áreas.

Casa da polícia

Uma vergonha histórica e faço sempre questão de escrever o quanto perdemos pelo fim de deposito de verbas no CONSEPRO. O Conselho teve atuação firme e competente na construção da Casa da policia nos anos 90 e quando passou a gestão para o Estado tudo parou.

Polícia

Mesmo com falta de efetivo e estrutura as policia Civil e Brigada Militar são competentes em suas ações. Prendem bandidos e fazem a sua parte, esta na hora do Governo fazer a sua.

Parcelamento

Quem defende parcelamento de salários, deveria ter o seu parcelado ai com certeza teria condições de avaliar o estrago que faz na vida das pessoas. Mas do que na hora de dar soluções e não desculpas.

Lei dos bancos

Paulo Neckel, Vereador do PMDB apresentou lei que aumenta a multa dos bancos caso não respeite o tempo de meia hora nas filas. Parabéns vereador e também ao Rogério Silva, Diretor da Faculdade de Direito da UPF e defensor consolidado do consumidor. Na mesma lei o Vereador prevê o deposito das multas no Fundo Municipal do Consumidor. Avanço para Passo Fundo. 

Gostou? Compartilhe