OPINIÃO

Coluna Saul Spinelli

Por
· 3 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Cinema gigante
Nesta semana teremos três sessões de cinema gigante na cidade. Uma ação firme da C.U.F.A. – Central única de favelas que tem trabalho social em todo o Brasil e de forma especial faz atividades voluntárias na comunidade do José Alexandre Zachia. Teremos uma sessão no Boqueirão Legal, na próxima sexta-feira e sábado na comunidade da Cohab II. Ações firmes da CUFA que transformam por onde passam, dando de forma responsável e comprometida, atenção às nossas crianças e adolescentes.

Política
Faço política comunitária há quase 35 anos e completo meus 50 anos em 2019, desta forma aprendi a ter paciência e perseverança nas lutas. Aprendi a ouvir todas as versões de uma historia, pois para um a sua palavra representa a verdade. Graças a Deus não dependo de política para comer, pois a pior conselheira é a fome e nem mesmo com uma família de dez irmãos dependo de cargos para familiares.

Política
Sou assim, uns gostam e outros não e me acostumei com isso, inclusive com ingratidão. Mas olhando para o passado não mudaria nada, pois até mesmo para conseguir um quebra-molas e terminar com a morte de pessoas tivemos que deitar no asfalto.

Manitowoc
Vejo as mais diferentes opiniões quanto à ocupação da área de 45 hectares da manitowoc pela Comercial Zaffari. Fico na escuta e procurando informações, pois nem sempre as manifestações escondem ranços políticos. Criticar, contrariar e propor sugestões é importante, necessário e direito de qualquer um, mas para isto devemos ter todas as informações verdadeiras.

Manitowoc II
Dizer que o Zaffari ou qualquer empresa pegaria aquela área por R$ 8 milhões não confere com a verdade, pois tem o investimento do pavilhão que foi financiado e deve ser quitado, no valor superior a R$ 30 milhões. Dizer que houve manifestações de outras empresas é justo, por isto deve existir protocolo de pedido e propostas, pois apenas querer não basta, tem que cumprir regras e assumir compromissos. Fazer discurso para plateia é não desejar que resolvamos uma situação que não é benéfica para ninguém, não significa boa política.

Manitowoc III
Quanto à questão de erro por parte do Governo Dipp é uma das maiores injustiças, pois certamente ninguém faz uma ação do tamanho deste investimento para errar. Dipp acertou em trazer as empresas e com certeza Luciano acerta em fazer o bom debate de ocupar espaço. Que se faça o bom debate e se resolva de forma a beneficiar a cidade, gerando empregos e renda.

Impostos
Se o Rio Grande do Sul revisasse o ICM cobrado das empresas em relação aos outros Estados, com certeza teríamos muito mais lucro do que assaltar da forma que vem se fazendo.

Tiririca
Uma pergunta. Tiririca se aposenta como Deputado Federal com dois mandatos?

Economia
A economia do Brasil vai mal, crise grave econômica e política e mesmo assim Passo Fundo sobrevive com a manutenção de empregos e as empresas de portas abertas, graças ao esforço dos empresários. Temos empresas comprometidas e que mesmo com altos impostos fazem de tudo para manter empregos e gerar impostos.

Economia II
Em jantar do Sindilojas vimos empresas com sessenta anos com as portas abertas e confiando na cidade e apoiando nossa economia. Empresas que fortalecem as entidades e defendem um município destaque. Comercial Zaffari é uma empresa construída aqui em Passo Fundo e investe em nossa cidade há mais de meio século, valorizar e respeitar isto é necessário, mas devemos também destacar que não é a única que fez isto e também que nosso município sempre foi próspero e terra fértil para os bons negócios. Como disse o Imperador Romano “De a césar o que é de César”.

Guarda municipal
Nunca houve proposta no legislativo municipal para criação da guarda municipal armada, até porque isto é prerrogativa exclusiva do Executivo, que se encontra impedido de contratar funcionários. Outro fato é que R$ 1 milhão por ano não proporciona nem mesmo sonhar com a criação de guarda armada, desta forma incentivar que houve este debate e tal votação na Câmara de Vereadores é irresponsável, no mínimo. Além disto o município tem ocupado as poucas oportunidades de nomear servidores para chamar professores. Voltamos a falar neste assunto em breve.

Responsabilidade
Pagar folha de pagamento, manter serviços em funcionamento e ainda fazer investimentos é privilégios de poucas cidades e Passo Fundo se encontra entre elas. Luciano Azevedo tem, como fez no primeiro mandato, se reunido com equipe econômica diariamente e conferido receitas e despesas de forma a cumprir com todos os compromissos com Passo Fundo.

Gostou? Compartilhe