Comissão é formada para fiscalizar agroindústrias e abatedouros

As sugestões foram acatadas e nos próximos dias deve ocorrer uma visita técnica em agroindústria da região

Por
· 1 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

A reunião da Comissão de Patrimônio, Desenvolvimento Urbano e do Interior (CPDUI), coordenada pelo presidente da comissão, vereador Luiz Miguel Scheis (PDT), que discutiu a fiscalização das agroindústrias e abatedouros locais, gerou novas ações. Por sugestão do vereador Marcio Patussi (PDT), foi formado um Grupo de Trabalho (GT) na Câmara de Vereadores para acompanhar esta situação.

O Grupo de Trabalho foi formado na última quarta-feira (25), durante reunião com representantes de abatedouros e agroindústrias. A representante técnica das agroindústrias, Monica Valiatti, ratificou a importância de uma fiscalização com regras mais definidas e uma maneira adequada de executar a fiscalização. Ainda lembrou que o grau de exigência se enquadra para grandes empresas e não para as agroindústrias, que são familiares e vão comercializar apenas no âmbito do município. Também destacou que esse grau de exigência está levando ao fechamento de agroindústrias.

Já o coordenador estadual de Agricultura, William de Medeiros, esclareceu que a fiscalização é feita pelo município, a secretaria do Estado só interfere quando solicitada. Porém, sugeriu a implantação de um Manual de Práticas de Inspeção, baseada na lei, a partir da realidade dos produtores locais.  O consultor Paulo Oliveira, sugeriu buscar uma agroindústria na região que tenha no know-how (conhecimento) no setor, para que seja referência para os produtores.

Para Patussi, a instalação do Grupo de Trabalho envolvendo os 21 vereadores, objetiva contribuir com o setor. “Estamos preocupados com os produtores que estão buscando maneiras para se adequar a legislação, porém, é preciso flexibilidade em alguns pontos, a partir da realidade local. Enquanto representantes do legislativo, não podemos aceitar o fechamento de agroindústrias que geram trabalho e renda na cidade, sem buscar uma solução, através do diálogo, da legalidade e do uso do bom senso”, declarou.

As sugestões foram acatadas e nos próximos dias deve ocorrer uma visita técnica em agroindústria da região. O Grupo de Trabalho vai se reunir periodicamente.

Participaram da reunião os vereadores Cláudio Rufa Soldá (PP), Eloí Costa (MDB), Evandro Meireles (PTB), Gleison Consalter (PSB), Paulo Neckle (MDB), Renato Tiecher (PSL) e Saul Spinelli (PSB).

Gostou? Compartilhe