Comissão temporária vai discutir recursos do orçamento municipal

A proposta de emenda à Lei Orgânica é do vereador Luiz Miguel Scheis

Por
· 1 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Com objetivo de dar direcionamento aos recursos do orçamento municipal que são destinados ao legislativo, as atividades da Comissão Especial de Emenda à Lei Orgânica iniciaram ontem (3). A proposta de emenda à Lei Orgânica é do vereador Luiz Miguel Scheis (PDT). Segundo o parlamentar, as dotações orçamentárias não utilizadas pelos vereadores seriam destinadas para viabilizar as emendas impositivas, aquelas cujos valores são destinados pelos vereadores anualmente. Por lei, o Poder Executivo ficaria obrigado a cumprir.

 

Segundo Scheis, “o problema é que as emendas impositivas não estão sendo cumpridas pelo Executivo Municipal, e a ideia da alteração da Lei Orgânica é justamente garantir que o dinheiro economizado pelo Legislativo, seja utilizado exclusivamente para o cumprimento dessas emendas”.

 

Na primeira reunião, o vereador Alex Necker (PCdoB) foi eleito presidente, o vereador Eloí Costa (MDB), o vice, e o relator é o vereador Patric Cavalcanti (DEM). Também são titulares os parlamentares Evandro Meireles (PTB) e Marcio Patussi (PDT). A próxima reunião da comissão vai ser no dia 22 de maio, às 14h, no Plenarinho da Câmara. Os integrantes tem um prazo de sessenta dias úteis para o encerramento dos trabalhos. Serão feitas duas votações, a primeira será no dia doze de junho.

Gostou? Compartilhe