Dia D promoveu estudo da Base Curricular

Professores da rede municipal participaram do Programa Formação Continuada

Por
· 1 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Educadores participaram, na sexta-feira, do estudo da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), atividade que aconteceu em todas as escolas públicas municipais. A data foi definida pelo Ministério da Educação para ser o dia D de estudos e teve a participação das escolas de ensino fundamental e educação infantil.

 

O processo de estudo, no entanto, começou antes. A Coordenadoria de Educação da Secretaria de Educação da Prefeitura de Passo Fundo, desde o ano de 2017, vem implementando ações para que o estudo da BNCC se efetive na rede pública municipal. Por conta disso, foram realizadas formações dentro do Programa de Formação Continuada, relato de experiências, oficinas e efetivação de um grupo dinamizador formado por coordenadores pedagógicos das escolas municipais de educação infantil e ensino fundamental e coordenadores pedagógicos da Coordenadoria de Educação, visando o envolvimento de todos os profissionais da educação municipal no estudo da Base Nacional Comum Curricular e do Referencial Curricular Gaúcho.

 

Todas as escolas de educação infantil e de ensino fundamental da rede municipal fizeram então um estudo orientado na sexta-feira, disponibilizado pela Coordenadoria de Educação. “Este processo participativo, propõe uma análise e avaliação dinâmica, reflexiva e dialógica da BNCC e do Referencial Curricular Gaúcho, tendo como foco o aluno, o professor e o processo de ensino/aprendizagem. A partir dessas reflexões, podemos aprimorar o processo educativo oferecido aos educandos, respeitando as particularidades dos diferentes níveis e etapas de ensino e considerando a Educação Básica na sua integralidade. O dia D é mais uma oportunidade de estudo disponibilizada à nossa rede, respeitando sempre a realidade local de cada escola no que tange a uma construção curricular que efetive os princípios de qualidade e equidade para todos os alunos de nossas unidades escolares”, afirma Marla Maffi, coordenadora da Coordenadoria de Educação.

Gostou? Compartilhe