OPINIÃO

Em tempos de pandemia ?EUR" final

Por
· 3 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Em outubro de 1918 o vírus da Gripe Espanhola chegou a Rio Grande, Pelotas e Porto Alegre com passageiros e tripulantes dos vapores da Companhia Nacional de Navegação Costeira. A disseminação do vírus foi rápida e se espalhou pelos vales dos Rios dos Sinos e Taquari, alcançando a região serrana. A malha ferroviária do RS estava consolidada desde 1910, sendo a cidade de Santa Maria o mais importante entroncamento do sistema. E foi pelas estradas de ferro que a “Influenza Hespanhola” pegou carona até as cidades e estações distribuídas nos trechos Porto Alegre - Uruguaiana; General Câmara - Cachoeira do Sul - Santa Maria; Rio Grande - Bagé; Santa Maria - Cacequi; e Santa Maria - Marcelino Ramos.

II

Um telegrama enviado de Marcelino Ramos, 3º Distrito do município de Erechim, dava conta às autoridades governamentais que todos os ferroviários da Estação local estavam doentes. De Boa Vista, sede do município emancipado no dia 30 de abril de 1918, o intendente Carlos Heitor de Azevedo pouco ou nada pode fazer. A mensagem enviada pelo telégrafo desde a última estação ferroviária em solo rio-grandense da linha Santa Maria - Itararé (SP) é uma das raras fontes sobre a pandemia na região. Como ocorreu na estação localizada às margens do Rio Uruguai, a Gripe Espanhola também atingiu funcionários da ferrovia e moradores dos entornos das Estações Sertão, Erechim, Erebango, Capo-Erê, Boa Vista, Barro e Viadutos.

III

Na sua quase totalidade, as famílias de migrantes e imigrantes que haviam chego à Colônia Erechim desde 1910 viviam na área rural, portanto longe do contato com a influenza. Erechim, que fora sede do projeto de colonização até 1916, estava a mais de cinco quilômetros da Estação Erechim. O Hospital de Caridade, em Passo Fundo, era o mais próximo para a população do Alto Uruguai. No entanto a casa de saúde sequer conseguia atender a demanda local. As temperaturas altas do verão de 1918-1919 devem ter contribuído para dissipar o vírus. Não há dados sobre o número de vítimas na região. Tão pouco no RS, que em 1918 foi de 30.219, um excedente de 6.639 em relação ao ano anterior.

Curtas:

# Diante da incerteza da evolução do cenário causado pela Covid-19, o Tribunal Superior Eleitoral criou um Grupo de Trabalho para projetar os impactos da pandemia na Justiça Eleitoral e as eleições municipais.

# Ainda nesta semana, o primeiro relatório acerca das condições para a realização do pleito programado para outubro será entregue a ministra Rosa Weber.

# Cumprindo a legislação eleitoral, os detentores de cargos em comissão nas prefeituras e Câmaras de Vereadores, inclinados a se apresentar como candidatos a majoritária ou proporcional, se exoneraram até o final da semana passada.

# No município de Estação, o vereador Lírio Centofante (MDB) deixou a Secretaria da Agricultura e Meio Ambiente e reassumiu sua cadeira na Câmara.

# De igual modo, Moacir Duarte (PSB), que comandava a Secretaria de Obras e Serviços Públicos, apresentou o pedido de exoneração, reassumindo seu cargo de servidor concursado.

# Para a Secretaria da Agricultura e Meio Ambiente, o prefeito Humildes de Almeida Camargo (MDB) nomeou José Luís Boschetto, e para a de Obras e Serviços Público, Luiz Fernando Duarte.

# Em meio às mudanças no primeiro escalão, o ex-vereador Pedro Vargas, ligado ao grupo dos históricos do MDB de Estação, se exonerou da vice-presidência da comissão executiva da sigla.

# Vargas, que já presidiu o MDB no município, apresentou o pedido de exoneração do cargo ao atual presidente, Luís Angelo Tonin, mas permanece nas fileiras do partido.

# Em Getúlio Vargas os secretários Sérgio Batista Oliveira de Lima (PTB) e Daniel Fernandez (PP) apresentaram ao prefeito Maurício Soligo (PP) seus pedidos de exoneração.

# No lugar do petebista na Secretaria de Obras foi nomeado o ex-vereador Vilson Barbizan (PTB), e do progressista na do Meio Ambiente, Márcio Prado (PP).

Dito & Feito:

O vereador Robson Alan Tomazini (Cidadania) de Erebango, anunciou que até o final da pandemia provocada pela Covid-19, irá doar a metade dos seus vencimentos. Os valores serão utilizados nas ações que estão em curso e buscam minimizar os efeitos que aflige principalmente os mais vulneráveis.

 

Gostou? Compartilhe