OPINIÃO

Emprego & Renda: desafio para os prefeitos

Por
· 3 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Os prefeitos eleitos ou reeleitos em sete de outubro iniciam dentro de vinte e cinco dias uma jornada de quatro anos. Cumprir o plano de governo e os compromissos firmados com as comunidades não tem sido fácil para os gestores municipais. As atribuições dos municípios crescem desproporcionalmente em relação à divisão dos impostos. Mais de 2/3 de toda a arrecadação tributária brasileira fica com a União Federal, cabendo aos Estados 25,59% e aos Municípios apenas 4,58% do total.

I I
As demandas nas áreas da educação e saúde, que consomem significativa parcela dos orçamentos municipais vêm sendo atendias de forma satisfatória nos seis municípios da 70ª Zona Eleitoral. O Índice Firjan de Desenvolvimento municipal de 2012 com base nos números do ano de 2010, divulgado na semana passada, revela que os municípios de Getúlio Vargas, Estação, Erebango, Ipiranga do Sul, Sertão e Floriano Peixoto tiveram crescimento no índice geral em relação à pesquisa anterior.

I I I
No ranking estadual o município de Estação ocupa a 164ª posição, com a média 0,7340, seguido por Ipiranga do Sul (171ª / 0,7313), Getúlio Vargas (189ª / 0,7260), Erebango (210ª / 0,7190), Sertão (297ª / 0,6921), e Floriano Peixoto (298ª / 0,6918). Todos os seis se encaixam de acordo com o estudo que se utiliza de estatísticas oficiais divulgados pelos Ministérios da Educação, Saúde, e Trabalho, como de desenvolvimento moderado.
 
A média dos seis municípios na área da educação ficou em 0,8075, índice considerado alto. Na área da saúde o desempenho dos municípios de Estação (0,9763), Sertão (0,9740), Ipiranga do Sul (0,9347), Floriano Peixoto (0,9326), Getúlio Vargas (0,8680) e Erebango (0,8395) foi ainda melhor, com média de 0,9208. No item emprego e renda, o município de Getúlio Vargas (0,5136) obteve o melhor desempenho, seguido por Ipiranga do Sul (0,4918), Erebango (0,4796), Estação (0,4035), Floriano Peixoto (0,3737) e Sertão (0,2486).

Curtas:
# O prefeito Pedro Paulo Prezzotto (DEM), reeleito para o período 2013-2016, não admite qualquer especulação sobre a equipe que irá integrar o primeiro escalão.
# Os aliados do prefeito de Getúlio Vargas acreditam que é certa a manutenção de Elgido Pasa (PP – Saúde), Ademar Rigon (PP – Desenvolvimento) e Eliane Granella (DEM – Educação).
# De igual modo dos advogados Juliano Nardi (PP – Administração) e Milton Ênio Serafini (PTB – Procurador Jurídico), e ainda de Ediane Bortolotti (Finanças)
# Com a permanência de Pasa na pasta da saúde, o primeiro suplente Nelson Rogalski (PP) assume uma das cinco cadeiras governistas na Câmara de Vereadores.
# Se os vereadores reeleitos Vilmar Soccol (PTB) e Aquiles Pessoa da Silva (PP) forem escalados para a Secretaria de Obras e subprefeito do primeiro distrito, respectivamente, Elói Nardi (PP) e Ivonete Delfino (PP) assumem no legislativo.
# Se confirmadas as previsões, não haverá mudanças no primeiro escalão, cabendo como uma luva o conhecido ditato que diz que "em time que está ganhando não se mexe".
# O Tribunal Regional Eleitoral manteve a decisão do Juiz da 20ª Zona Eleitoral, que cassou os registros do prefeito e vice-prefeita de Erechim, Paulo Polis (PT) e Ana Oliveira (PMDB).
# Da decisão unanime dos desembargadores do TRE/RS ainda cabem recurso junto à própria corte, ao Tribunal Superior Eleitoral e Supremo Tribunal Federal.
# Na manhã deste sábado (8), os sete partidos da coligação que reelegeram Polis e Ana, realizaram uma manifestação de desagravo após caminhada pelas ruas centrais de Erechim.
# Na terça-feira (4), o TRE/RS publicou a sentença que determina a cassação do registro de candidatos a prefeito e vice-prefeito do município de São José do Ouro.
# Os candidatos eleitos a prefeito e vice, Algacir Menegat (PT) e Vitor Bergamo, e ainda o candidato a prefeito Ademir Perinetto (PSDB) e a vice Gabriel Lottici, foram considerados culpados de coordenar esquema de compra de votos.
Dito e Feito:
O ex. governador Germano Rigotto, e so deputados estadual Gilberto Capoani e federal Darcisio Perondi, participaram do encontro promovido pala Coordenadoria do PMDB Alto Uruguai no último dia 30, em Erechim. Os trabalhos foram presididos por Edgar Marmentini, e contou com a presença dos prefeitos, vice-prefeitos e vereadores de 25 municípios da região, eleitos e reeleitos em outubro. O PMDB conquistou 132 prefeituras no RS e elegeu 1.164 vereadores, e já trabalha visando as eleições de 2014.

Gostou? Compartilhe