Equipamento de raio x dos Correios está parado

Problema foi ocasionado por um defeito na placa-mãe

Por
· 1 min de leitura
Equipamento deve ser reativado num prazo de 30 dias

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Parado há cerca de dois meses por problemas técnicos, o equipamento de raio x do Centro de Tratamento de Cartas e Encomendas (CTCE), de Passo Fundo,  deve ser reativado num prazo de 30 dias. A informação foi dada pela Assessoria de Comunicação dos Correios. Segundo a nota, o problema foi ocasionado por um defeito na placa-mãe do equipamento. “Os Correios ressaltam que as medidas de segurança em relação a encomendas suspeitas seguem sendo tomadas. Boa parte da carga que chega ao CTCE de Passo Fundo passa por outros centros que também possuem equipamentos de Raio X, como o Centro de Tratamento de Encomendas de Porto Alegre. Para o restante da carga que vai diretamente para Passo Fundo, a equipe realiza o monitoramento durante a triagem dos pacotes que seguirão para entrega. Caso seja detectado um objeto que possa conter itens proibidos e/ou perigosos, os procedimentos previstos nos manuais internos de segurança da Empresa são seguidos e, conforme a necessidade, as autoridades competentes são acionadas para fazer a  verificação”.

Gostou? Compartilhe