OPINIÃO

Fatos 01.07.2017

Por
· 2 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Apelo

O IBGE de Passo Fundo já trabalha com a possibilidade de publicar novo edital para contratar recenseadores para o Censo Agropecuário, que começa em outubro. É que alguns municípios da jurisdição da unidade local não conseguiram preencher as vagas. O escritório aguarda a realização das provas dos inscritos anteriores para analisar o resultado. Há casos de municípios com duas vagas e dois inscritos. Os recenseadores são fundamentais no trabalho do IBGE. Eles que percorrerão as mais de 20 mil propriedades para atualizar as informações. Para cada pesquisa receberão R$ 40,00, mais ajuda de custo. A meta do IBGE é que cada um faça até 4 pesquisas por dia. O trabalho é temporário, mas diante da condição de muitos trabalhadores que perderam o emprego, esta é uma oportunidade de renda por alguns meses.

Condenação I

O ex-prefeito de Mato Castelhano Solano Canevese foi condenado a dois anos e quatro meses de detenção, pena que será revertida a restrições de direitos. Ele terá que prestar serviços à comunidade, além de pagar multa que corresponde a um terço do salário mínimo mensal, vigente ao tempo do fato. A acusação é de fraude em processos licitatórios. Outras duas pessoas também foram condenadas. Como a decisão é de primeira instância, os réus poderão recorrer.

Condenação II

Também foram condenados em decisão de primeira instância pela Justiça Eleitoral, o ex-prefeito de Getúlio Vargas Pedro Paulo Prezzotto, o atual prefeito do município, Maurício Soligo e o vice Elgido Pasa. A juíza Mariana Ariana Bezerra Salamé determinou a cassação dos diplomas dos gestores atuais. A decisão cabe recurso ao TRE-RS. A denuncia contra elas refere-se a utilização de recursos públicos para a confecção de material de campanha eleitoral.

Da série...

...quem tem amigo, tem tudo: O ministro Marco Aurélio devolve o mandato a Aécio Neves, devolve o passaporte e nega a prisão. Tudo certo na República!

...Rocha Loures volta para casa. Vai usar tornozeleira eletrônica. Mas, tudo certo na República!

...decisões dão alívio a Michel Temer, que reforça apoio na Câmara dos Deputados para barrar as denuncias de corrupção passiva. Tudo, certíssimo na República.

Resumo

Encontro de Gilmar Mendes com Temer na calada da noite; Aécio de volta à cena política, grandão; Loures, o deputado da mala com 500 mil, no sossego de casa, podendo pensar melhor sobre delação premiada. E a sociedade perdendo sua capacidade de reação.

Negócio

Soledade está comemorando futuro empreendimento no município. Parte da antiga fábrica Harla, que equivale a quase 21 mil metros quadrados, foi comprado por empresário de Passo Fundo que comanda rede de atacado e varejo. Valor do negócio: R$ 3,5 milhões. A área nobre fica no Bairro Expedicionário e possivelmente abrigará uma unidade da rede. 

Gostou? Compartilhe