OPINIÃO

Fatos 03.10.2019

Por
· 2 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Vagas de trabalho

O IBGE já está trabalhando na preparação do Censo de 2020. Os recenseadores iniciarão a coleta dos dados em 1º de agosto do próximo ano e terão 90 dias para o trabalho em campo. O Instituto está começando o processo de contratação e para a região de Passo Fundo já está aberto o processo de seleção de coordenador Sub-Área que vai coordenar equipes e municípios. Na área de abrangência da agência local são quatro vagas disponíveis, sendo duas para o município, uma para Casca e outra para Soledade. No Estado são 100 vagas. O salário oferecido é de R$ 3,1 mil, mais auxílio alimentação, creche e transporte. Os requisitos mínimos exigidos são CNH, nível médio de ensino e pagamento da taxa de R$ 58,00. As provas serão realizadas no dia 8 de dezembro e o resultado sai no dia 11 de janeiro. Interessados devem se inscrever no seguinte endereço https://bit.ly/2mYBpkE. Passo Fundo também deverá contratar cerca de 190 recenseadores, 23 agentes censitários supervisores e três agentes censitários municipais. É oportunidade de trabalho temporário, mas toda a seleção se dá por meio de prova. Interessados fiquem atentos aos portais da FGV e do IBGE.

Susaf I

Passo Fundo perde dinheiro com o atraso na concessão do selo Susaf - Sistema Unificado Estadual de Sanidade Agroindustrial Familiar, Artesanal e de Pequeno Porte -. O selo é fornecido para agroindústrias aptas a vender seus produtos como queijos, embutidos, carnes para outros municípios do Estado. O município está credenciado ao Susaf desde novembro do ano passado, mas as exigências da fiscalização têm dificultado o início das operações de muitas empresas.

Susaf II

Agricultores reclamam que já investiram de R$ 100 mil a R$ 500 mil para se adequar, mas a cada visita dos fiscais um novo apontamento é feito. O município perde dinheiro porque deixa de arrecadar ICMS. O secretário do Interior, Antonio Bortolotti, assegura que estas situações burocráticas estão sendo sanadas e que nos próximos dias as agroindústrias locais terão liberação para comercializar os produtos fora da cidade, dentro dos termos da legislação. Também informa que está providenciando alterações na legislação municipal, que serão encaminhadas para a Câmara.

Dúvida

O prefeito Luciano Azevedo esteve com o governador Eduardo Leite, na terça-feira, para tratar de alguns assuntos relacionados ao desenvolvimento da cidade. Um deles, o início das obras do aeroporto Lauro Kortz. Luciano foi pedir agilidade neste processo, porque ao Estado cabe assinar a ordem de serviço. No vídeo que fez ao lado do governador, Leite diz que a questão logística é fundamental e estratégica para o Estado, mas não estabeleceu data para o início da obra. Então, a informação dada na semana passada de que a data estava definida pode não se confirmar. Aguardemos pois.

Perfil

A Fasurgs pretende implantar cursos de graduação EAD. Será a primeira Instituição de Ensino Superior, 100% de capital passo-fundense, a oferecer cursos de graduação na modalidade 100% EAD (Ensino à Distância). Os cursos pretendidos são: Administração; Análise e Desenvolvimento de Sistemas; Gestão em Recursos Humanos; Processos Gerenciais serão à distância.

 

 

 

Gostou? Compartilhe