OPINIÃO

Fatos 06/01/2015

Por
· 1 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Secretaria de Gestão

O prefeito Luciano Azevedo publica, nesta semana, decreto criando a Secretaria Extraordinária de Gestão. O titular da pasta será Diorges Oliveira, que atualmente é o coordenador dos programas da Administração Municipal. Não haverá criação de cargos. Diorges mudará de status no governo e terá a responsabilidade de desburocratizar os processos, acelerando o ritmo e a execução dos projetos.  A experiência como executivo na iniciativa privada, contou pontos para a escolha do prefeito. Diorges terá a tarefa de lincar as secretarias e dar celeridade aos trabalhos da Prefeitura. Uma aposta do prefeito Luciano na profissionalização dos processos da máquina pública. O foco é o cumprimento de metas e alcançar a excelência na conclusão dos projetos.

Talvez

Luciano Azevedo não quer falar sobre reeleição neste momento. Acha muito cedo para tratar do assunto e, pela primeira vez, admite que há possibilidade verdadeira de não concorrer. Mas, isso é assunto para daqui a alguns meses. Por enquanto, nem que sim, nem que não.

Afiado

O ex-governador Tarso Genro manteve o ritmo de postagens no twitter, só que agora com uma pitada de pimenta. Sobre a decisão do governador Sartori em decretar suspensão do pagamento de dívidas por 180 dias, postou o seguinte: “Ainda bem que não fuiu eu. Seria calote”. Tarso também criticou em outro post as previsões sobre a economia: “A negatividade das previsões, o catastrofismo da grande mídia é, na verdade, torcida para que tudo dê errado. É puro ideologismo”.

Música na Praça

O evento Música na Praça, que iniciou a segunda edição do ano é uma belíssima iniciativa da Secretaria de Cultura em parceria com a Associação dos Músicos Passo-fundenses.  No entanto, precisa ter respaldo da comunidade. O cronograma de apresentações já foi divulgado e pode ser acessado em qualquer portal de notícia.

Sobre a ciclovia

O empresário e leitor de ON escreve: “Sobre Ciclovias, me parece um bom projeto o aproveitamento dos espaços internos dos canteiros. Como sugestão entendo que a ciclovia não deveria atravessar a rua Teixeira Soares.   Ali, a forma como circulam os veículos, quando da abertura de semáforos,  tornam o local muito perigoso para os ciclistas e pedestres.  Se não for alterado, logo teremos acidentes”.

Sinaleiras

Agora, por falar em semáforos, não estão exagerando, não? Uma sinaleira em cada quadra parece que não resolverá o problema do fluxo. A menos que tenhamos a tão sonhada sincronia da onda verde, temo pelo pior quando as férias terminarem.

 

 

Gostou? Compartilhe