OPINIÃO

Fatos 06.01.2018

Por
· 1 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Um apelo ao diálogo
O Jornal O Nacional traz hoje uma reportagem exclusiva sobre o plano de expansão da Comercial Zaffari e uma informação que pode ter sérias consequências para o município. Diante da incerteza jurídica criada pela liminar que suspendeu as negociações com a Manitowoc, a Comercial Zaffari já examina a possibilidade de levar o Centro de Operações para outra cidade. No páreo estão a região Metropolitana de Porto Alegre e a cidade de Lages, em Santa Catarina. Isso singnifica transferir toda a estrutura administrativa, comercial, RH e de Logística para outro centro urbano. De imediato, uma perda de, pelo menos, 800 empregos diretos e indiretos até 2020. Mas, as consequências desta decisão, que será tomada nos próximos meses, têm um valor que transcende o econômico. É uma empresa familiar que nasceu e cresceu aqui, movimenta uma cadeia produtiva imensa e que está sendo empurrada para fora de casa. Definitivamente, em Passo Fundo, santo de casa não faz milagre. Fechar a guarda e sentar para conversar pode evitar muitos dissabores.

Confiança
O prefeito Luciano Azevedo saiu em férias na sexta-feira, devendo ficar por 18 dias afastado da Prefeitura. As férias são relativas a 2015. Em 2015 e 2016, Luciano saiu apenas por breves períodos porque o Município estava sem vice-prefeito (Juliano Roso havia assumido o mandato na Assembleia Legislativa). Desta vez, o comando do Município fica com o vice, João Pedro Nunes. Além de substituto direto de Luciano, os dois cultivam uma boa amizade que vai além da política.

Eleições
Osmar Terra vai permanecer no ministério do Desenvolvimento Social até o último prazo determinado pela legislação eleitoral para desincompatibilização. Terra é um dos 13 ministros que deixarão o governo para concorrer em outubro.

Foco
O deputado estadual Juliano Roso, PCdoB, permanecerá o mês de janeiro em Passo Fundo. Faz prestação de contas pela cidade, entregando material que reúne as principais atividades do parlamentar no ano passado.

Encontrou
PSL é o partido pelo qual o deputado Jair Bolsonaro pretende concorrer a Presidência da República.

Gostou? Compartilhe