OPINIÃO

Fatos - 06/02/2015

Por
· 1 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Busca de apoio
O vereador Márcio Patussi, PDT, esteve em Brasília esta semana tratando da agilização de emendas parlamentares para ginásios em escolas municipais, e para os Hospitais da Cidade e São Vicente de Paulo. O contato do vereador é o deputado federal Afonso Motta, que estaria comprometido com o município em buscar recursos para demandas locais. Tenta ocupar um espaço valioso da representatividade local no Congresso Nacional. Patussi também esteve no gabinete do Senador Lasier Martins, e com ele tratou especificamente sobre o aeroporto Lauro Kortz e a promessa de liberação de recursos para a tão esperada obra de ampliação e melhoria da infraestrutura do terminal. Lasier também se comprometeu em acompanhar de perto todo o processo que envolve o aeroporto.

Denúncia
Agentes comunitárias de saúde denunciaram ontem ao Simpasso, que estão sofrendo perseguição no Executivo. Os que participaram da greve dos servidores, no final do ano passado, estariam sendo transferidas de suas unidades de trabalho.

Demissão
A Fiergs divulgou ontem o resultado do desempenho da indústria no encerramento de 2014, que fechou com queda acumulada de -4,4%, em comparação a 2013. O resultado é influenciado especialmente pelas perdas nas compras (-11,1%), faturamento (-5,7%) e horas trabalhadas (-2,5%) nas empresas. O reflexo desta situação na indústria são as demissões que já começam a ganhar corpo. Empresas da metalomecânica na região Norte do Estado estão dando férias coletivas e demitindo. A produção baixando cada vez mais.

Tarifas
Não vai demorar muito para que Executivo e empresas do transporte urbano de Passo Fundo iniciem negociações para reajustar as tarifas. Com o preço do combustível nas alturas, as empresas tem nas mãos um bom argumento para pedir a revisão dos valores. Em Porto Alegre, isso já está ocorrendo e como era de se esperar, a mobilização popular já tomou conta das ruas. Vai dar o que falar.

Preços
A variação no preço dos combustíveis, praticado em Passo Fundo, é um espetáculo. Tem posto vendendo o álcool a R$ 3,00 enquanto que há menos de 10 dias, ele valia cerca de R$ 2,40 o litro. A diferença para a gasolina chega a R$ 0,40 de um estabelecimento para outro. O negócio é pesquisar. Vale a lei da oferta e da procura.

Gostou? Compartilhe