OPINIÃO

Fatos 06.12.2019

Por
· 2 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Visita histórica

A visita do presidente do Paraguai Mario Abdo Benítez à BSBIOS de Passo Fundo, ontem à tarde, vai ficar para a história da empresa e da cidade. Da mesma forma que é histórico o investimento que a ECB Group está fazendo no país vizinho, como o próprio presidente destacou na coletiva de imprensa. Vai mudar a economia do Paraguai nos próximos dez anos. Antes de falar aos jornalistas, Benítez conheceu a estrutura da empresa e participou de uma rápida reunião com lideranças. O prefeito Luciano Azevedo participou e ficou impressionado positivamente com a preocupação de Benítez com o “fortalecimento das instituições” paraguaias. Segundo Luciano, o presidente do Paraguai insistiu que as instituições e as regras devem estar acima dos governantes, pois são passageiros. E também assegurou que o país tem segurança jurídica para receber investimentos de fora. Por duas vezes convidou o prefeito Luciano para que visite o país. Simplicidade como característica, o presidente paraguaio circulou sem muito aparato de segurança, cumprimentou várias pessoas e se dirigiu aos jornalistas se dizendo admirado com história da indústria e, principalmente, a relação da empresa com os colaboradores.   

Valdo fica

Vereador Valdecir de Moraes reage com indignação em relação a nota publicada ontem pela colunista sobre sua possível saída do PSB. Requereu direito de resposta. Um exagero diante de uma especulação do cenário político. De qualquer forma, Valdo, como é conhecido assegura que não deixará o PSB, partido que o acolheu e “pela admiração e respeito das duas maiores lideranças políticas que esta cidade já produziu: Beto Albuquerque e Luciano Azevedo. Mais adiante na nota que enviou para a coluna diz que: “A minha forte atuação e compromisso com o povo de nossa cidade, com certeza despertou interesse de outros partidos, mas, existe uma diferença gritante em ser procurado e procurar. Nunca procurei outro partido para conversar. Sou, estou e estarei no PSB e ao lado do prefeito Luciano na próxima eleição”. Agora deixou de ser uma conversa no grupo do partido, está registrado.

Mais um capítulo

Ainda sobre o episódio da filiação e lançamento da pré-candidatura de Rodinei Candeia a prefeitura de Passo Fundo, no domingo, dia 8, o presidente da executiva municipal do PSL, Francisco Lupatini, divulgou um vídeo de 21 minutos, nas suas redes sociais, em resposta ao procurador. Lupatini se considera um ativista de redes sociais conservador de direita, que ajudou a eleger Bolsonaro e que, portanto, não se mistura com socialistas e comunistas. Segundo ele, ao convidar Candeia para se filiar ao partido achou que ele comungava do mesmo pensamento. O líder do PSL se defendeu da acusação de que fora afastado do cargo de diretor depois de uma sindicância dizendo que tudo não passou de armação.

Em Bento

O vereador Patric Cavalcanti, DEM, participou ontem da reunião com todos os prefeitos gaúchos no anúncio de recursos que o governo federal vai liberar para a saúde. Foi em Bento Gonçalves, durante a Cúpula do Mercosul. Também aproveitou para fazer contatos junto ao chefe da Casa Civil Onyz Lorenzoni. Acompanhado do administrador do Hospital de Clínicas e vice-presidente da Federação das Santas Casas, Luciney Bohrer, não perdeu a ocasião de fazer o registro ao lado do presidente Bolsonaro.

Gostou? Compartilhe