OPINIÃO

Fatos 08/01/2015

Por
· 1 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Mudança

Ninguém acreditava. Nem mesmo os carnavalescos levavam fé. No entanto, estamos diante de uma mudança radical do que entendíamos que era o Carnaval de Rua de Passo Fundo. Animadas, revigoradas e com a promessa de que apresentarão na Avenida Sete de Setembro um espetáculo jamais visto pelos passo-fundenses, as escolas de samba já estão trabalhando a todo vapor nas suas respectivas sedes. Tem escola que levará sete carros alegóricos para a Avenida. Pois o novo modelo de Carnaval de Rua veio para ficar. Foi testado abaixo de água no ano passado e foi aprovado. Corrigidas as eventuais falhas, para este ano, além de ser fora de época, a festa mais popular do Brasil vai beneficiar a Apae, destinando parte da arrecadação para a instituição que atende a 300 pessoas com necessidades especiais. O gesto defendido pelo prefeito Luciano Azevedo, comoveu o presidente da CDL, Agadir Stramari, que não poupou elogios ao chefe do Executivo no lançamento feito na noite de terça-feira. 

Vendas

Dos 25 camarotes colocados à venda ao preço de R$ 10 mil, oito já haviam sido vendidos até aquele momento.  O diretor da Passotur, Daniel Lé, e o secretário de Desenvolvimento, Carlos Eduardo Lopes da Silva, auxiliam o secretário da Cultura Pedro Almeida, na comercialização dos espaços.

Sem renúncia

Juliano Roso, que assume como deputado estadual no dia 31 de janeiro, não precisará renunciar da função de vice-prefeito, como se pensava inicialmente. No momento em que ele tomar posse na Assembleia Legislativa, automaticamente fará a opção pelo novo cargo.  O parecer foi dado pelo jurídico do PCdoB.

Ação

Duas ações importantes foram realizadas ontem respectivamente pela Polícia Civil e Brigada Militar. Na primeira, depois de um ano de investigações, foram presos seis homens que comandavam o tráfico de drogas pesadas em Passo Fundo e região. Na segunda, uma resposta imediata a investida de marginais que vinham aterrorizando suas vítimas no interior do município. Esta última teve a participação direta do BOE que descobriu o esconderijo e prendeu os bandidos.  A participação da comunidade como agente informante é fundamental para a eficácia do trabalho policial.

Aberto

A visita que o governador José Ivo Sartori fez ao Cpers, na manhã de ontem, acompanhado do secretário da Educação, Vieira da Cunha, demonstrou que o governo está aberto ao diálogo com a categoria e vai buscar solução para o piso, diante de um Estado em crise. 

Gostou? Compartilhe