OPINIÃO

Fatos 13.07.2015

Por
· 1 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

Divisão

O PT municipal corre sério risco de se ver minguado. Tudo dependerá da decisão que vai tomar no próximo dia 23. Grupo formado por várias correntes internas elaborou manifesto, que foi lido na reunião do final de semana, em que discorda integralmente da aproximação e, por consequência, de uma eventual aliança que apoia a candidatura do ex-prefeito Osvaldo Gomes, PP. Há, por parte de alguns membros deste grupo, a disposição de deixar o partido se isso se efetivar. O PT local há, pelo menos, 30 anos, tem tido uma postura crítica e de adversário ao ex-prefeito Gomes. Isso durante suas administrações e em campanhas eleitorais. Aliar-se a um adversário histórico, no entendimento deste grupo, seria jogar fora as origens do partido. O grupo defende o retorno às bases, antes de querer se aliar a qualquer partido somente em busca de poder. “É hora de se refazer”, prega um petista mais antigo.  

Difícil

Uma possível aliança com o PR, que tem como pré-candidato o advogado Alcindo Roque, também não encontra unanimidade petista. E, aliança com o prefeito Luciano Azevedo está fora de cogitação, de ambas as partes.

Economia

A revitalização do Parque Ambiental do Banhado da Vergueiro, que agora esta aberto a visitação, além de ter resolvido um problema histórico de Passo Fundo (quase 20 anos), vai proporcionar economia ao município: R$ 55 mil ao ano, para ser mais exata. Isso por que a Secretaria Municipal de Meio Ambiente desocupa um imóvel alugado para ocupar espaço que foi construído junto ao Parque Ecológico e pelo qual não pagará mais aluguel. Uniu-se o útil ao agradável aos cofres públicos. Os cidadãos agradecem.

Dá para entender?

O PMDB que não participaria, até ontem, da disputa à presidência da Câmara, vai lançar candidato e terá apoio do PT. Vai entender esta política. Aliás, não dá para entender mais nada nem aqui e nem lá. Marcelo Castro será o nome do PMDB na disputa com apoio dos petistas. E o partido do presidente interno Michel Temer, parece que mais atrapalha do que ajuda.

 

Gostou? Compartilhe