OPINIÃO

Fatos 13.09.2017

Por
· 1 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Laudo

A retirada de insalubridade de alguns servidores municipais atingiu em cheio a Secretaria Municipal de Assistência Social e se transformou em um desafio para o Simpasso. É que a empresa contratada pelo Executivo para fornecer o laudo técnico apontou que este grupo de servidores, formado por assistentes sociais, psicólogos e outros não realiza trabalho insalubre. Mas, indicou novos grupos de servidores que precisam receber os valores. Quais sejam: faxineiras de escolas e trabalhadores vinculados a Secretaria de Obras. O laudo é eminentemente técnico, porque não significa redução de custos ao município, segundo argumento utilizado ontem pela Procuradoria Geral do Município numa reunião com o Simpasso, na Câmara de Vereadores. O documento  pode ser contestado judicialmente, correndo-se o risco de inviabilizar a conquista para a parcela de servidoras ora contemplada.

Coincidência

Morreu na semana passada, Volni Canevese, irmão do ex-prefeito de Mato Castelhano Solano Canevese. Numa coincidência triste para a comunidade e respectivos familiares, Volni, que comandou o Executivo por um dia, foi o terceiro ex-prefeito da cidade a falecer neste ano. Crespim Rizzi e Delmo Alves Xavier foram os outros dois.

Ele voltou

Após afastamento de 15 dias para tratar de questões particulares, Antônio Bortolotti “Tonico”, reassume a pasta da Secretaria do Interior da Prefeitura de Passo Fundo. A confirmação foi feita ontem pela manhã com o prefeito Luciano Azevedo, que oficializou o retorno do secretário.

Unidade

Beto Albuquerque, que pretende retomar o protagonismo no cenário político com pré-candidatura ao Senado, tomou para si a responsabilidade de unir a bancada do PSB em torno do projeto da Administração Municipal. O recado foi dado durante uma reunião entre os vereadores e a liderança. “Não se trata só de um mandato do PSB, mas de um projeto eleito e aprovado por mais de 80% da população”, disse no encontro.

E a verdade?

Uma manchete da Zero Hora me chamou a atenção ontem: “PT gaúcho exige expulsão de Palocci após depoimento de ex-ministro. Presidente Pepe Vargas diz que permanência dele é 'incompatível com o compromisso que se espera de um partido de esquerda'.” Antes de ideologias e etc... políticos e partidos deveriam ter compromisso com a verdade e a ética. Simples assim. Quem sabe um dia a gente não vira esta página da história!

Gostou? Compartilhe