OPINIÃO

Fatos 19.10.2017

Por
· 1 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Relatório

Como seria o PIB de Passo Fundo sem a Bsbios? Este exercício foi feito pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), no relatório de sustentabilidade 2016, apresentado ontem pela empresa. Em 2014, a Bsbios representou 19,4% do PIB total do municípios. De 2005 a 2014, ela adicionou ao PIB R$ 7,6 bilhões. O documento apresentado pelo diretor presidente Erasmo Battistella a autoridades, convidados e colaboradores vai além dos aspectos econômicos, mas demonstra como é o relacionamento da empresa com a comunidade. Além do engajamento em projetos sociais, fica evidente a importância para a cadeia produtiva (40% da matéria prima é adquirida da agricultura familiar) e na geração de empregos diretos e indiretos. A Bsbios de Passo Fundo e Marialva (PR) é a maior produtora de Biodiesel do Brasil. No começo do ano, ampliou em mais de 30% sua capacidade de produção na planta local.

O começo

Importante lembrar que o resultado colhido pelo município e região com a instalação da Bsbios teve início lá em 2004,  depois de uma ação do ex-prefeito Airton Dipp, PDT, do então secretário de Desenvolvimento, Marcos Cittolin, e da atuação do então deputado federal Beto Albuquerque, PSB. A estratégia adotada pela gestão de Dipp ao atrair investimentos como Bsbios, Italac, Ambev e Manitowoc (hoje sem produção local) deu uma guinada na matriz produtiva do município e fez toda a diferença para a economia local. Poder Público, iniciativa privada, entidades e instituições (todas) tem contribuição relevante para consolidar esta nova realidade econômica.    

Desempenho

Ao contrário da maioria dos municípios brasileiros, a prefeitura de Passo Fundo vai encerrar o ano mais tranquila do que no ano passado. Contas em dia, salários pagos e com investimentos em diversas frentes. No começo do ano, foram feitos ajustes que devem garantir o bom resultado. Secretários municipais que tiveram acesso a números de avaliação da gestão estão animados. As ações da equipe de governo têm aprovação de cerca de 80% da população. A avaliação do prefeito Luciano é maior do que a própria administração e condiz com o resultado eleitoral do ano passado.

Emenda

Deputado Sérgio Turra apresentou uma série de emendas no orçamento do Estado para a região. Uma delas, no valor de R$ 1 milhão, destina-se a conclusão do prédio da Delegacia de Pronto Atendimento. Se o governo cumprisse a execução do orçamento como deveria, o prédio já estaria pronto há muito tempo.

 

 

Gostou? Compartilhe