OPINIÃO

Fatos 20 e 21.08.2016

Por
· 1 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Tempos de TV e rádio

Definidos os tempos de TV e rádio para os cinco candidatos a prefeito de Passo Fundo. Os tempos consideram dois fatores: primeiro, do total disponibilizado pela Justiça Eleitoral, 10% é dividido de forma igualitária; 90% considera a representação no Congresso, limitado aos seis maiores partidos da coligação. A coligação Juntos Por Passo Fundo, do candidato Luciano Azevedo, PSB, ficou com o maior tempo de programa 5 min e 31 segundos e também com o maior número de inserções 23 min e 11s. Isso representa que se, durante o dia, a Coligação utilizar comerciais de 30s, poderá ter 46 inserções. A Coligação Passo Fundo para Todos, do candidato Osvaldo Gomes, PP, ficou com 2min e 16 segundos de programa e 9min 33s de inserções diárias, que também poderão ser dividas. O candidato Rui Lorenzatto, do PT, terá 1min 43s de programa. Celso Dalberto, do PSOL, 0,18 e Antônio Rodrigues do PSTU 0,11. A presença destes dois partidos será insignificante na propaganda gratuita. 

Tempos

Luciano Azevedo (PSB)  - 5min11s

Osvaldo Gomes (PP)  – 2min 16s

Rui Lorenzatto (PT) – 1min 43s

Celso Dalberto (PSOL) 0,18s

Antônio Rodrigues (PSTU) 0,11s

Hipótese

Caso o PT tivesse coligado com o PP, PR, PDT e PRTB, o tempo dos cinco partidos alcançaria a aliança do prefeito Luciano.

Alternativa

A aliança entre o PR e PRTB para a Câmara de Vereadores não foi viabilizada porque a direção do PRTB cometeu o mesmo erra do PSDB na hora da consolidar a filiação de nomes que seriam candidatos. Houve um erro na hora de gerar os dados à Justiça Eleitoral. Não restou outra alternativa ao PR, a não ser optar pela aliança na proporcional com o PP e o PDT. O principal nome na disputa para a Câmara do PR é o vereador Eduardo Peliciolli, que disputará voto diretamente com os candidatos do PDT.  

Reunião

A reunião com representantes do Ministério Público, Justiça Eleitoral, partidos e imprensa, na sexta-feira à tarde, foi demorada. Começou com 40 minutos de atraso, foi realizada espaço pequeno e encerrou só no começo da noite. Mas, foi um momento importante para dirimir algumas dúvidas. Outras tantas permanecem. Natural do processo eleitoral.  

 

 

Gostou? Compartilhe