OPINIÃO

Fatos - 20/02/2015

Por
· 1 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Teremos voo?
Os voos para Porto Alegre através da Azul serão possíveis a partir de março, usando a linha que sairá de Curitiba. A empresa já obteve quatro pareceres favoráveis para a operação. No entanto, o sistema não permitirá retornar direto de Porto Alegre para Passo Fundo. Pelo menos é o que consta do sistema Hotran (horário de transporte aéreo), do site da Anac. A operação ainda depende de aprovação pela Anac. O que a Azul está pleiteando é um voo regional com saída do aeroporto Afonso Pena, a partir do dia 16 de março, às 14h, chegando em Passo Fundo às 15h15. Às 15h40, segue para o Salgado Filho, em Porto Alegre, chegando às 16h52. De Porto Alegre, outro voo retorna a Curitiba, num sistema conhecido como circular. Para o empresário Eduardo Mattevi, um expert em aviação, tudo indica que a Anac vai aprovar a operação requerida pela Azul, já que obteve quatro pareceres favoráveis até o momento. A solicitação da Azul foi feita em fevereiro, mas a assessoria de comunicação da empresa não confirma e diz que há um equívoco por parte da Anac.

Ameniza
Em se confirmando a informação, o voo só de ida para Porto Alegre, ameniza o problema criado com a suspensão da linha aérea para a Capital Gaúcha, desde o dia 31 de janeiro deste ano.

Legado
A reforma do Plenarinho da Câmara de Vereadores ficou extraordinária. A ideia de preservar alguns aspectos e móveis do antigo plenário surpreende pela harmonia do local. Foram preservadas a tribuna, parte das cadeiras de madeira destinadas ao público e a frente da mesa de onde os presidentes do Legislativo comandavam as sessões. No centro, uma mesa oval, com 21 cadeiras dá o contraste moderno. O local servirá para as reuniões do Colegiado de Líderes e encontros especiais. Nas laterais, estantes de vidro guardam utensílios que fazem parte da história da Câmara, como a urna de madeira utilizada para votação secreta e uma máquina de escrever elétrica. A reforma do plenarinho é um legado deixado pelo vereador Márcio Tassi, PTB, que se empenhou na redução de despesas da Câmara, para investir na reformulação da estrutura. O espaço também abriga duas salas de comissões, uma para a Procuradoria e outra para a Comunicação.

Saúde

O novo Coordenador Regional da Saúde vem de Marau e é do PMDB. Douglas Kurtz vai assumir a CRS na próxima semana.

Gostou? Compartilhe