OPINIÃO

Fatos 20.02.2019

Por
· 1 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Sem cargos
O governador Eduardo Leite, PSDB, está sem pressa para substituir os cargos do segundo escalão no interior do Estado, especialmente em cidades pólo como Passo Fundo. E isso tem agitado os corredores da Assembleia Legislativa. “É um resmungo aqui e outro ali”, confessou um jornalista que cobre o Parlamento. O deputado Vilmar Zanchin, MDB, disse à colunista ter a impressão de que as coisas se resolverão depois do carnaval. “Aí já estarão tramitando os projetos que o governo precisa aprovar. Será o momento em que o Executivo vai definir os espaços de cada um. Por enquanto, ainda estão tomando pé da situação”, revela. O governo quer aprovar de imediato a proposta de emenda constitucional que acaba com a obrigatoriedade de plebiscito para a venda de estatais.

 

Sistema S
A prisão do presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Andrade, em Operação da Polícia Federal, ontem, foi um golpe contra quem luta para manutenção do Sistema S. Foram 10 detidos em caráter temporário, suspeitos de integrar uma organização criminosa acusada de fraudar convênios do Ministério do Turismo com entidades do Sistema S (Sesi, Senai, Sesc, Sebrae).


Alimentos
Vereador Luiz Miguel Scheis, PDT, está sugerindo ao Executivo Municipal a criação de um programa de combate ao desperdício de alimentos e reaproveitamento dos produtos não consumidos, dentro do município. Isso, para combater o desperdício, um problema nacional gravíssimo. Segundo o vereador, o Brasil é um dos grandes produtores de alimentos em nível mundial, porém está entre os países que mais os descarta. Esta quantia despejada serviria para suprir as necessidades dos mais necessitados, ou desprovidos de condições básicas de sustento.

 

Lição
Definitivamente o presidente Jair Bolsonaro deve rever seus conceitos sobre comunicação. Ele não é mais deputado, muito menos candidato à Presidência. É o Presidente da República e não pode resolver suas questões por áudios individuais ou em grupos de WhatsApp. A lição do caso Bebbiano deixou mais do que claro isso. Os áudios revelados ontem pelo ex-secretário de governo mostram que, primeiro, Bebbiano não estava mentindo em relação a conversa que teve com o presidente, há seis dias. Segundo, mais parecia uma troca de mensagens entre comadres.

Gostou? Compartilhe