OPINIÃO

Fatos - 21/12/2012

Por
· 1 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Inconcebível
O que o presidente da Câmara dos Deputados, Marco Maia, PT, disse ontem a imprensa do centro do país é inconcebível num país democrático. Ele não descartou a possibilidade de abrir as portas da Câmara para dar asilo aos parlamentares condenados no processo do mensalão pelo STF. Isso porque a Polícia Federal não tem autorização para entrar no Parlamento e os condenados estariam, segundo Maia, “a salvo” da prisão. A colunista quase não acreditou quando leu a primeira postagem, mas é verdade, mesmo que inadmissível.

Violação
Não poderia ser diferente: O ministro Joaquim Barbosa, afirmou ontem que esta possibilidade ventilada por Maia não tem o menor sentido porque seria uma violação à Constituição Brasileira. O deputado Marco Maia perdeu a oportunidade de ficar calado.

Dois pesos
Enquanto isso, 19 trabalhadores foram presos ontem, em flagrante, pela extração ilegal de pedras na região de Cruz Alta. A cena registrada pelo repórter Gerson Lopes (capa da edição de hoje de ON) na Polícia Federal é expressiva. É fato que os acusados presos estavam cometendo crime ambiental e devem responder por isso. Mas, se compararmos com quem roubou ou desviou bilhões e ainda está solto, chega a revoltar. Dois pesos e duas medidas. Eita Brasilzão!

Biolchi
Morreu na madrugada de ontem, no Hospital de Caridade de Carazinho, aos 78 anos, o ex-deputado federal Osvaldo Biolchi, PMDB. Biolchi sofria de Parkinson, e já havia sido internado por diversas vezes. Nos últimos anos se afastou completamente da política. Vaga ocupada pelo filho Márcio Biolchi, eleito deputado estadual por duas vezes. O enterro aconteceu ontem à tarde.

Qualificação
Os futuros secretários municipais e todos os que ocuparem cargos de responsabilidade na administração pública passarão por um curso de capacitação a ser dado pelo Tribunal de Contas do Estado. O pedido foi feito pelo prefeito eleito Luciano Azevedo ao TCE, para proporcionar aos gestores conhecimento técnico necessário na administração pública.

Demandas
Esta semana, Luciano esteve reunido com Claudemir Bragagnolo, adjunto da Seifra, e Carvalho Neto, do Departamento Aeroportuário. Ele buscou informações sobre as obras anunciadas pela melhorias no Aeroporto Lauro Kourtz e também como está o processo de duplicação da ERS 324,  cuja licitação deve sair em janeiro.

Gostou? Compartilhe