OPINIÃO

Fatos - 22/10/2012

Por
· 1 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Candidatíssimo
O PDT já tem candidato a prefeito para 2016: o médico e deputado estadual do partido Diogenes Basegio. O parlamentar colocou seu nome à disposição dos trabalhistas em importante reunião da executiva ampliada, realizada na sexta-feira à noite. Foi uma reunião prévia de avaliação do resultado das eleições. O encontro foi considerado pelos participantes como altamente positivo.  A executiva tomou outras duas importantes decisões que serão levadas para a reunião do diretório no final do mês.

Mandato
A primeira delas é de que o partido, juntamente com o grupo de aliados, vai encerrar o atual mandato do prefeito Airton Dipp com todo o gás. Não há clima de derrota entre os pedetistas. "Perder a eleição por uma diferença mínima não representa que tivemos o projeto construído para o município derrotado", disse um trabalhista neste final de semana.  Segundo a mesma fonte há muitos projetos em andamento e muitas coisas ainda por acontecer que fazem parte da atual administração. Uma delas é a inauguração da Ambev, programada para o começo de dezembro.

Oposição
A segunda decisão é de que o PDT será oposição a futura administração de Luciano Azevedo. Uma oposição responsável e que vai focar sua atuação na defesa do projeto que foi implantado pelos dois últimos mandatos de Dipp. Para tanto, uma espécie de cartilha será montada para orientar os três vereadores eleitos do partido. Todos, por sinal, integrandes do alto escalão do governo Dipp. Terão qualificação na hora do debate, pois atuarão com propriedade.

Cartilha
Este documento balizador da ação do PDT nos próximos quatro anos, especialmente na Câmara de Vereadores, terão três eixos básicos: o que foi feito; o que está em andamento e que começou na atual administração e o que será feito e que também teve início do governo de Dipp.

Transição
Começa oficialmente na terça-feira a transição de governo. Em função da reeleição de Dipp, em 2008, não vivíamos este momento desde o final de 2004.

Gostou? Compartilhe