OPINIÃO

Fontes em Off

Por
· 4 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Horários Coleurb
As linhas de ônibus da Coleurb Coletivo Urbano Ltda passam a operar nos horários normais e não mais com a tabela de verão a partir deste sábado (16). As alterações são realizadas anualmente, baseadas nos recessos e férias dos funcionários. Todos os horários estão disponíveis no site www.coleurb.com.br, e no app “Meu Ônibus Coleurb”, disponível na Google Play e Apple Store. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 0800 510 4699, das 7h às 19h30min, ou, ainda, pelo Facebook:facebook.com/coleurb. A frota da empresa conta, atualmente, com 98 ônibus e 4 micros, sendo 40% adaptados. Ao rodarem 520 mil quilômetros a cada mês em 26 linhas, transportam 1 milhão de usuários mensalmente.

 

Transporte escolar
As empresas que prestam serviço de transporte escolar têm até o dia 28 de fevereiro para providenciarem a renovação de alvará junto à Prefeitura de Passo Fundo. O procedimento é necessário para que possam continuar operando no município.Segundo o secretário de Transportes e Serviços Gerais, Cristiam Thans, precisam estar atentos a este prazo os proprietários das empresas que prestam serviço para a Secretaria de Educação no transporte dos estudantes e também daquelas que prestam serviços para alunos de escolas privadas. Também é reforçada a orientação de que os pais peçam aos condutores dos veículos a comprovação de que os documentos estão em dia, desde o alvará até a carteira de habilitação e o treinamento para conduzir um veículo escolar.

 

Parquinho ECO
Na tarde de quarta-feira (13) ocorreu a inauguração do Parquinho da Escola Círculo Operário (ECO), onde a crianças e pais puderam participar e prestigiar esse evento ganhando picolés. Teve a participação da Turma do Gugu, a presença do secretário de educação Edimilson Brandão e a coordenadora dos anos iniciais da secretaria de educação, professora Angelita Scotta. A escola agradece ao patrocinador da pracinha APP ( Associação de Pais e Mestres da Escola ECO), a Formaco Tintas, Espaço Ambientes, Mario Tintas e  Pink&BLue Decorações e as parcerias dos pais da escola. A diretora, Claudia Santos, relatou que o parquinho é um dos ambientes fundamentais para o bom desenvolvimento das crianças tanto na parte social, psicomotora, emocional e principalmente da linguagem oral.  A Escola ECO terá no fim do mês a inauguração da sua biblioteca multifuncional.


Ramo Imobiliário
Nesta sexta-feira (15) ocorre a entrega de carteiras para novos profissionais no ramo imobiliário.Número da entrega de carteiras: 21 corretores de imóveis e 3 jubilados; Profissionais ativos na 10ª sub-região (Passo Fundo): 985 PF | 103 PJ; Profissionais  ativos em Passo Fundo: 729 PF | 76 PJ. A delegacia abrange 33 municípios da sub-região. O ato ocorre na rua Senador Pinheiro, nº350, Vila Rodrigues, às 9h30min. Para mais informações entrar em contato com a assessoria de imprensa pelo telefone (51) 99283-0253.

 

FEAC/UPF
A Universidade de Passo Fundo (UPF), por meio da Faculdade de Ciências Econômicas, Administrativas e Contábeis (Feac), oferta o MBA Executivo em Finanças, Ofícios Bancários e Mercado de Capitais. A formação é destinada aos profissionais ligados ou que pretendem desenvolver carreira no setor financeiro: executivos, gestores, cooperados, bancários, vendedores, empresários, graduados em Administração, Ciências Contábeis, Economia, Direito, Agronegócio, Engenharias e áreas afins. Interessados devem se inscrever no site upf.br/ensino até o dia 17 de março. Os selecionados serão divulgados no dia 19 de março. As matrículas ocorrem de 1º a 8 de abril. As aulas iniciam no dia 12 de abril, nas dependências da Feac, Campus I. Serão oferecidas duas turmas: uma com aulas aos finais de semana (sextas-feiras à noite e sábados, pela manhã e à tarde) e outra com aulas durante a semana (terças, quartas e quintas-feiras à noite). O curso tem a duração de 18 meses.


Galeria Estação da Arte
Já está começando a movimentação para as exposições de 2019 na Galeria Estação da Arte. O espaço, que fica na antiga estação ferroviária, no Parque da Gare, é destinado a exposições de artistas locais e atividades culturais. Para isso, o regulamento está sendo desenvolvido pela Secretaria de Cultura, através do setor Artes Visuais. O texto do regulamento passará também por apreciação do Conselho de Políticas Culturais. A Galeria Estação da Arte será coordenada pela Secretaria de Cultura com a colaboração dos grupos integrantes ativos do setor de Artes Visuais do município. Tão logo a programação seja definida, os nomes das exposições e artistas serão divulgados.


Visita Técnica I
O vereador Marcio Patussi (PDT) realizou uma visita na manhã desta terça-feira (12) de caráter técnico à Secretaria de Obras e Habitação do Município de Erechim. Ele esteve acompanhado do presidente do Sindicato das Indústrias da Construção e do Mobiliário (Sinduscon) de Passo Fundo, Leonardo Ghelen, e o vice, Fernando Langaro. A visita é um complemento da reunião realizada no Plenarinho da Câmara de Vereadores no último dia 29 de janeiro. No encontro, o vereador e entidades representativas do setor imobiliário decidiram formar uma comitiva para conhecer o funcionamento das secretarias de obras de outros municípios. Após essa etapa, o objetivo é trazer para Passo Fundo novas ideias, na busca por agilidade e inovação na aprovação de projetos da construção civil.

Visita Técnica II
O Secretário de Obras e Habitação de Erechim, Vinicius Anzilieiro, explicou que desde o início de 2018, a cidade conta com o Projeto Legal Simplificado (Projefácil), que se trata de uma ferramenta que auxilia e simplifica a análise dos pedidos de aprovação dos projetos para construção, assim como licenças para execução de qualquer tipo de edificação no município. Segundo o secretário, apenas o Projefácil não seria suficiente se não fossem feitas algumas mudanças pontuais em conselhos e regramentos. Com isso, foi possível reduzir de seis meses para até sete dias o tempo de espera para aprovação de projetos.

Gostou? Compartilhe