OPINIÃO

Fontes em Off - 04/09/2012

Por
· 2 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

25 anos
A Central de Transplantes do RS, vinculada à Secretaria Estadual da Saúde (SES), completou no final de semana 25 anos de atuação, e comemora a efetivação de 25 doadores de órgãos só no mês de agosto, com 10 transplantes em crianças e adolescentes (fígado e rim). "Mantida a tendência, 2012 deverá ser um ano recorde em número de doadores, com projeção de crescimento estimada de 25% em relação a 2011", afirma a coordenadora da Central de Transplantes, Rosana Nothen.

Doadores efetivos
Em 2011, ocorreram 476 notificações de morte encefálica com 158 doadores efetivos de órgãos. Atualmente, o tempo médio de espera por uma córnea é de pouco mais de dois meses, e somente no ano passado, foram realizados 918 transplantes deste tipo.

Com a primeira sede no Hospital de Clínicas (HCPA), a Central de Transplantes realizou a primeira busca de órgãos fora do Estado em 1990. Os pioneiros foram os médicos Valter Garcia e Nilo Hoelfmann (ainda hoje da Central de Transplantes), com apoio do coordenador do Laboratório de Imunologia do HCPA, Luiz Fernando Jobim e participação de Ivo Nesralla, além do secretário de Estado da Saúde da época, o médico Antenor Ferrari.

Visita
O Jornal O Nacional recebeu ontem a visita do diretor da unidade do Sest/Senat Passo Fundo, acompanhado do coordenador de Promoção Social, Giordani da Rosa Arend e Eduardo Rosa, promotor de esporte e lazer. Eles expuseram os projetos em andamento, especialmente os voltados a atividade esportiva destinada às famílias que moram nos bairros próximos a unidade.

Capacitação
A Agergs estará presente na última oficina de capacitação do Projeto RESsanear, oferecida pelo Ministério Público. O encontro acontece nesta terça-feira, em Passo Fundo, na Promotoria de Justiça. Participarão pela Agência o Conselheiro Juarez Monteiro Molinari e o Diretor de Qualidade Flávio Piccinini. O objetivo da Oficina é capacitar prefeitos, secretários e técnicos municipais para a elaboração dos Planos Integrados de Saneamento Básico e Resíduos Sólidos, documento essencial para a qualidade do serviço. Com 238 convênios para a regulação do abastecimento de água e esgotamento sanitários em Municípios do Estado, a Agergs irá fiscalizar o cumprimento das metas exigidas pelas Prefeituras.

Skate
Obra da pista de skate, no Parque da Gare, será retomada nesta terça-feira. Previsão é de inaugurar o espaço até o dia 30 de setembro. A obra havia sido interrompida porque a empresa contratada pela Prefeitura Municipal não estava cumprindo o serviço de acordo com o projeto estabelecido. Além das obras da pista, a partir desta terça-feira toda a praça receberá a poda das árvores, tendo início na rua General Netto e também a troca da iluminação da praça.

Catador de lixo
A Câmara dos Deputados analisa o Projeto de Lei 3997/12 que transforma o catador de material reciclável como segurado especial da Previdência Social. A proposta defende que o catador contribua com 2,3% sobre o valor bruto da comercialização da sua produção. Conforme as regras em vigor, a pessoa que trabalha com coleta de lixo está incluída na categoria “contribuinte individual”. Atualmente, o catador de lixo que deseja contribuir, paga uma alíquota de 11% se contribuir sobre o salário mínimo. Caso o salário-de-contribuição seja superior ao mínimo, o percentual sobe para 20% sobre a renda.

Gostou? Compartilhe