Novembro Azul: Um mês dedicado a eles

Objetivo é para destacar a importância do diagnóstico precoce do câncer de próstata

Por
· 2 min de leitura
Congresso Nacional ilumina de azul em 2014

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Depois do mês dedicado ao combate ao câncer de mama, o Outubro Rosa, quando vários prédios públicos foram iluminados de rosa para chamar atenção sobre a doença, chegou a vez do Novembro Azul, para destacar a importância do diagnóstico precoce do câncer de próstata. 

Dados do Instituto Nacional de Câncer (Inca) mostram que este é o sexto tipo mais comum de câncer no Brasil e o segundo mais frequente em homens, após os tumores de pele. No ano passado, foram identificados mais de 60 mil novos casos da doença. Considerada uma doença da terceira idade, devido ao fato de três quartos dos casos ocorrerem em homens acima dos 60 anos, o câncer de próstata pode demorar a se manifestar, o que exige exames preventivos constantes para não ser descoberto em estágio avançado e potencialmente fatal.

O aumento observado nas taxas de incidência no Brasil pode ser parcialmente justificado pela evolução dos métodos diagnósticos, pela melhoria na qualidade dos sistemas de informação do país e pelo aumento na expectativa de vida. Os tumores podem crescer de forma rápida, espalhando-se para outros órgãos e podendo levar à morte. A grande maioria, porém, cresce de forma tão lenta que não chega a dar sinais durante a vida e nem a ameaçar a saúde do homem.
Segundo pesquisa realizada pela SBU em maio de 2013, 47% dos homens entrevistados nunca fizeram o exame de toque retal, fundamental para detectar o câncer de próstata. Contudo, quando o câncer é detectado precocemente, o índice de cura ocorre em aproximadamente 90% dos casos.

A doença acontece quando as células da próstata, glândula responsável, juntamente com as vesículas seminais, pela produção do esperma, começam a se multiplicar de forma desordenada. Como forma de prevenção é recomendado que todos os homens, a partir dos 40 anos façam o exame de toque retal. Descoberta na fase inicial, a doença, quando tratada, tem baixa mortalidade.

Colorindo de Azul
Diversos monumentos públicos e lugares de grande visibilidade terão iluminação especial durante todo mês novembro, seja parcialmente ou integralmente. Entre os locais que já confirmaram que iluminar de azul suas fachadas estão: Estádio do Pacaembu, Viaduto do Chá e Museu do Futebol (SP); Boulevard Shopping (RS); Ópera do Arame (PR); Senado Federal (DF) e Estádio do Maracanã (RJ).

Instituto Lado a Lado
O Instituto Lado a Lado pela Vida colabora com o mês de conscientização desde 2012, com diversas ações realizadas pelo Brasil inteiro. Em 2012, segundo dados do Instituto, mais de 60 mil pessoas foram impactadas por meio das 2.200 ações realizadas no pais. “Com tantos resultados expressivos, não há como não criar expectativas ainda maiores. Em 2015, a meta é atingir ainda mais pessoas com a mensagem da conscientização e prevenção. A realização de tudo isto não faria sentido sem a participação ativa da sociedade”, expressa em nota.

 

 

Gostou? Compartilhe