OPINIÃO

O único assunto

Por
· 1 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Eu iria escrever hoje sobre a fraca terceira parte da franquia de auto-homenagem de Stallone, “Os Mercenários” que involuiu e se tornou auto-paródia. A brincadeira cansou da mesma forma que haviam cansado os filmes que a série homenageava.
Eu iria falar mais sobre “The Knick” nova e fabulosa série de TV bancada por Steven Soderbergh que pesca elementos que fizeram o sucesso das séries “médicas” com o humor negro e o protagonismo de um anti-herói de peso (que fizeram o sucesso de Breaking Bad e House).

Mas perdi a vontade. Cada vez mais, o público que ainda tem vontade de ir ao cinema é tratado com descaso.
Não lembro de outra vez na história recente de Passo Fundo em que não existisse NENHUMA opção de filme legendado em cartaz.
Temos seis filmes em cartaz.
Todos dublados, nenhum com áudio original.
E assim aos poucos vou dando adeus à vontade de frequentar as (antes) mágicas salas de cinema.

Gostou? Compartilhe