OPINIÃO

Orientações nutricionais para praticantes de atividade física

Por
· 1 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Na educação física e nos desportos, atividade física é definida como: "qualquer movimento corporal, produzido pelos músculos esqueléticos, que resulte em gasto energético maior que os níveis de repouso".
Atividade física em geral regular controlada por profissionais da Educação Física, está associada diretamente a melhorias da saúde e condições físicas dos praticantes.

Preferir alimentos:
- pães, cereais, arroz e massas, 3 a 4 porções de hortaliças, 3 porções de frutas, 2 porções de leite, iogurte e queijo e 2 porções de carne, aves, peixes, ovos, feijão e nozes por dia;
- ingerir líquidos frios ( sucos diluídos com água);
- óleo de oliva e canola;
- carne bovina magra ( alcatra, coxão duro, patinho) peito de frango, peixe, pão de milho + feijão, pão torrado + sopa de ervilha, tofu + semente gergelin;
- alimentos com altos índices glicêmicos durante ou após exercício (entram rapidamente na corrente sanguínea): isotônicos (gatorade), batata assada, cereais matinais, waffer, mel melancia, pão branco, melado, picolé de frutas, maltodrextrina;
- alimentos com moderado e baixo índices glicêmicos antes do exercício: pupoca, arroz integral, milho, feijão, macarrão, banana, maçã, pêra, leite achocolatado, iogurte de frutas, grão de bico, damasco seco, leite, lentilhas;
- vitaminas do Complexo B: B1: (levedo de cerveja, gérmen de trigo; B2: fígado, amendoim; B3: carne bovina magra, avelã, frango; B6: batata-inglesa, banana; Folato: feijão, espinafre; B12: peixe cavala, carne bovina, queijo).

OBS: Imediatamente após atividade física (competições): repor líquidos, eletrólitos e carboidratos: melancia, uva, laranja, banana, sopa de hortaliças, isotônicos, sorvete de frutas, leite desnatado com chocolate.

Evitar alimentos:
- excesso de proteínas (principalmente origem animal);
- diluir as bebidas isotônicas;
- não excluir carne vermelha da dieta (boa fonte de ferro e zinco);
- suplementos de vitaminas A e D;
- manteiga , margarina, maionese que geralmente acompanham os alimentos ricos em carboidratos;
- queijos gordurosos, lingüiças, salames, banha, gordura aparente de carnes, pele de aves;
- molho de queijo, batata frita, sonhos e croissants, omeletes com queijos, sorvetes cremosos e milkshakes, bacon;
- refrigerantes e bebidas cafeinadas: como café, chá preto, guaraná e coca-cola, durante o exercício (podem causar desidratação).

OBS: O êxito da reeducação alimentar depende bastante de você, siga corretamente as orientações de seu nutricionista e comece criar novos hábitos de alimentação. Praticar atividade física diariamente e muita água. Não esqueça: prato colorido, alimentação saudável. Aprende comer melhor para viver mais e com saúde. Você consegue!

 

Gostou? Compartilhe