Prefeitura lança programa de investimentos na iluminação pública

Trechos da Avenida Brasil e da Rua Independência devem receber iluminação a LED até o final do ano

Por
· 2 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

“Cerca de R$ 100 mil reais sobram todos os meses da arrecadação da tarifa de iluminação pública em Passo Fundo. No entanto, nós descobrimos que a taxa nunca foi reinvestida na mesma proporção que a população paga. Por isso, estamos nos dispondo a reinvestir este saldo excedente diretamente em obras de qualificação nas vias e passeios públicos da cidade”. A afirmação é do Prefeito Luciano Azevedo, que lançou, juntamente com a equipe da Secretaria de Transportes e Serviços Gerais, o Programa Cidade Luz, com o objetivo de melhorar a iluminação pública durante a sua gestão. O sétimo programa de gestão municipal foi lançado na tarde desta quinta-feira (27) no auditório da Faculdade de Economia e Administração da UPF. 

Segundo o prefeito, o saldo entre a arrecadação da tarifa e os gastos com a iluminação serão utilizados na aquisição de maquinário e instalação de lâmpadas mais potentes e modernas (LED), com o objetivo de duplicar a luminosidade das ruas e passeios públicos da cidade. O programa vai atuar em três fontes: reforçar a iluminação nas avenidas Brasil e Presidente Vargas, nas ruas mais movimentadas do centro e nos acessos aos bairros e ainda no entorno de todas as escolas municipais e estaduais que possuem aulas noturnas.

Duas principais vias da cidade receberão os primeiros investimentos do programa até o final do ano. A Rua Independência, entre a Bento Gonçalves e a Fagundes dos Reais, deve receber iluminação a LED até outubro e a Avenida Brasil, entre o colégio Protásio Alves e o Fagundes dos Reis, até dezembro. A iluminação nestas vias servirá como teste para avaliar o custo-benefício da tecnologia, que promete ser mais eficiente e econômica, apesar de ter um investimento inicial mais alto que as lâmpadas amarelas, utilizadas em toda a cidade. O secretário de Transportes e Serviços Gerais, Cristiam Thans, assegurou que as melhorias devem aumentar o conforto noturno e a segurança nas vias públicas. “A iluminação a LED gera uma economia razoável no consumo de energia, oferece uma qualidade superior e ainda qualifica esteticamente a via”, explicou.

O gerente do projeto, o engenheiro elétrico da Secretaria de Transportes e Serviços Gerais, Edson de Araújo, explicou ainda que o projeto ainda contempla melhorar a luminosidade nas calçadas, praças e canteiros. “Hoje nós não temos iluminação nos passeios públicos, fora alguns pontos na Avenida Brasil, ruas Moron, Bento Gonçalves e Coronel Chicuta e em alguns canteiros e praças centrais”, exemplificou. A previsão é substituir as lâmpadas amarelas por brancas nas principais praças da cidade. “Estas lâmpadas são mais agradáveis e eficientes”, afirmou.

A matéria completa você confere nas edições impressa e digital de O Nacional.  Assine Já

Gostou? Compartilhe