Previsão é de chuva para hoje e amanhã

Chuva que está prevista para os próximos dias vai resultar em frio no final de semana

Por
· 1 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Glenda Mendes/ON

Um sistema de baixa pressão atmosférica, aliado à nebulosidade que se iniciou na tarde de ontem (27) deve causar chuva a partir de hoje, condições que permanecerão pelo menos até quinta-feira (30). As informações são da Estação Meteorológica da Embrapa Trigo. “A tendência é que, com entrada de nuvens carregadas e baixa na pressão atmosférica, a chuva reapareça”, salienta o observador meteorológica Ivegndonei Sampaio.

De acordo com o observador, no sábado (25) ocorreu a segunda maior temperatura do mês de setembro: 25,7ºC. No domingo (26), a máxima chegou aos 24,5ºC. Já a segunda-feira (27) começou com a mínima de 13ºC e registrou a máxima de 25,5ºC. “Foram três dias de calor, com temperatura de primavera”, destaca Sampaio.

De outro lado, o fenômeno La Niña, junto com nebulosidade que se iniciou na tarde de ontem, e o sistema de baixa pressão, deve trazer pancadas de chuva hoje, principalmente na região Norte do Estado. “As condições meteorológicas são favoráveis à ocorrência de pancadas de chuva de moderada a forte, acompanhadas de rajadas de vento em áreas isoladas, para terça e quarta-feira”, afirma o observador.

Já as temperaturas não terão grande variação nos próximos dias, mas a área de instabilidade deve permanecer até o final do mês de setembro, quinta-feira. As temperaturas mínimas ficam por volta dos 13ºC e as máximas em 24ºC.
Com a ocorrência de chuva, a temperatura deve entrar em declínio na sexta-feira (1º), “com indicativo de um final de semana sem chuva, porém com temperaturas mínimas entre 6ºC e 8ºC e máximas não passando de 20ºC. Vai vir um friozinho que não é nada de anormal para esta época do ano”, afirma Sampaio.

Chuvas
Até o final da tarde de ontem, o mês de setembro havia registrado 240 milímetros de chuva, sendo 189 milímetros em apenas 48h. “Esta quantidade, 240 milímetros, representa 16% acima da média que é de 206,8 milímetros”, comenta o observador.

Segundo ele, os boletins meteorológicos indicam que o fenômeno La Niña continuará intenso durante a primavera no Hemisfério Sul. “La Niña significa dizer chuva abaixo da média, mas este ano ele vai ter uma característica diferente: pode ficar alguns dias sem chuva e de repente passar uma área de instabilidade e quase chover tudo o que teria que chover no mês”, explica Sampaio.

Gostou? Compartilhe