OPINIÃO

Quer dar uma acelerada no metabolismo?

Por
· 3 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Muitas pessoas me perguntam qual seria a maneira mais indicada para dar aquela "acelerada" no metabolismo?
A razão principal seria ajudar a emagrecer de uma forma mais rápida aqueles quilinhos indesejáveis.
Os alimentos termogênicos são aqueles que apresentam dificuldade em ser digeridos pelo organismo, fazendo com que esse consuma maior quantidade de energia para realizar a digestão.
O interessante que todos os alimentos são considerados termogênicos, porém, existem alguns que se destacam mais que os outros, porque induzem o metabolismo a trabalhar com ritmo acelerado gastando assim, mais calorias.
Para tais alimentos atribui-se até 20% do gasto calórico total, porém, só se consegue perceber a melhoria adquirida pela ingestão desses alimentos quando são frequentemente consumidos.
Com uma reeducação alimentar, seguida de uma dieta, além de qualquer atividade física é possível eliminar peso, porém, não fazem milagres sozinhos.

Listo alguns exemplos:

Pimenta: A pimenta vermelha possui uma substância chamada capsaicina que, de acordo com um estudo realizado, mostrou que o consumo frequente (3g por dia) pode aumentar o metabolismo em até 20%. Você pode utilizar essa quantidade para temperar salada e outros pratos. Também contribui para a retirada de gorduras das artérias e é estimulante. No entanto, tome cuidado: o ingrediente é contra-indicado para quem sofre de gastrite ou hemorróida. Use diretamente na comida, ou em pastinhas ou como tempero. Evitar as sementes que são mais ardidas, para as pessoas mais sensíveis ao sabor forte.

Canela: além da ação estimulante, age como facilitadora da digestão e combate a flatulência. Também auxilia o tratamento de problemas de pele. Pode ser consumida em pó ou em forma de chá, no caso da canela em pau. Até uma colher de sopa ao dia.

Gengibre: pesquisas apontam que seu consumo regular pode acelerar o metabolismo em até 20%. Você pode mastigar um pedacinho por dia ou preparar um chá ou ainda incluir em sucos. O gengibre também é muito utilizado para enjôo, como também melhora a digestão. Use até uma colher de sopa ao dia.

Chá-verde: graças à presença de substâncias como a cafeína e as catequinas, essa bebida obriga o organismo a buscar energia nas reservas de gordura. Auxilia na desintoxicação, combate a retenção de líquidos e dos radicais livres (responsáveis pelo envelhecimento). Deve ser evitada por hipertensos. Beber de duas a quatro xícaras ao dia.
Dica: Evitar ferver as folhas, e se deve deixar em infusão por no mínimo 9 minutos, para melhor aproveitamento de seus princípios ativos, antes de beber.

Água gelada: Pode parecer mentira, mas não é! Beber água bem gelada faz com que o corpo queime calorias, pois precisa gastar energia para normalizar a temperatura da água gelada no organismo, isso é uma estratégia principalmente para os dias de frios.
Café: contém cafeína, estimulante e termogênico natural, que auxilia a se manter em estado de alerta. Mas nada de exagerar na dose, pois pode sofrer com problemas do estômago, insônia e ansiedade. O ideal é consumir até três xícaras por dia, e longe da hora de ir dormir. Evitar em casos de hipertensão.

Curry: É uma mistura especiaria, muito utilizada na Índia, que dá um sabor e aparência excelente ao arroz, risoto, massas em geral, farofa e etc. Vale ressaltar, seu poder antioxidante valioso, que protege contra doenças como câncer e outras degenerativas, e ainda fortalece a imunidade. Usar como tempero: 3 gr ou uma colher de chá. 

Cacau: possui propriedades estimulantes e antioxidantes devido ao seu teor de cafeína e polifenóis. A combinação dessas substâncias faz bem ao coração, à circulação sanguínea, e contém atividade antialérgica, antiviral e anti-inflamatória. Usar de uma a duas colheres de sopa por dia, por cima da banana amassada ou maçã assada, ou ainda, acompanhada no leite.

Outros alimentos como a mostarda, vegetais fibrosos (brócolis, acelga, couve), laranja, guaraná natural (deve ser evitado por cardíacos e hipertensos), kiwi, aspargos, pimentão, e mais alguns possuem o mesmo efeito térmico dos anteriores, que fazem com que a temperatura do organismo aumente, e conseqüentemente, levam o metabolismo a se acelerar para queimar energia e gordura.
Dica: Pode haver dores de cabeça, insônia, problemas no aparelho digestivo, tontura e outros problemas, se os alimentos termogênicos forem consumidos em demasia e sem supervisão. Por este motivo, é sempre bom consultar um nutricionista, que elabora um Plano Alimentar individualizado, propondo a quantidade adequada de alimentos termogênicos que poderá consumir.

Gostou? Compartilhe