13 anos de atenção especial

Coordenadoria de Atenção aos Portadores de Necessidades Especiais é ligada a Secretaria da Saúde

Por
· 1 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Criada há 13 anos, a Coordenadoria de Atenção aos Portadores de Necessidades Especiais (CAPNE), tem como finalidade atender pessoas com algum tipo de deficiência. A Coordenadoria é ligada a Secretaria da Saúde e é mantida pela Prefeitura de Passo Fundo.

Segundo a coordenadora da CAPNE, Elisabete Terezinha dos Santos de Moraes, o principal objetivo da Coordenadoria é garantir aos portadores de necessidades especiais o acesso às políticas públicas, além de proporcionar ações de reabilitação aos que se encontram em situação de violação de direitos. “Atualmente, somos em quatro funcionários na CAPNE. Toda pessoa que apresentar qualquer tipo de deficiência pode procurar a Coordenadoria, na busca da garantia dos seus direitos”, esclareceu Elisabete.

A CAPNE também realiza o encaminhamento de equipamentos, que são fornecidos por meio de convênio com o Estado, instituições como a ACD Saúde e através de recursos do município. Entre os equipamentos disponibilizados estão: próteses auditivas; cadeiras de rodas; cadeira de banho; botas ortopédicas; sapato para pé diabético; andador; tala; ortese; muletas; e outras.

Elisabete explica ainda que a Prefeitura mantém convênio com o Estado para a distribuição de fraldas geriátricas para idosos que apresentem algum tipo de deficiência ou sequelas. As fraldas são entregues mediante atestado médico, contendo informações como a necessidade diária, por exemplo. A CAPNE também fornece fraldas infantis. “Até o momento, temos cadastradas 400 pessoas entre adultos e crianças. Este convênio foi firmado em julho deste ano”, explicou Elisabete.

A Coordenadoria também realiza encaminhamentos para passe livre intermunicipal e interestadual para pessoas com deficiência. “Este ano já foram encaminhadas mais de 70 solicitações”, afirmou Elisabete.

Ainda, é possível adquirir materiais em comodato através da Coordenadoria, que funciona junto à área do antigo Quartel do Exército. Mais informações podem ser obtidas através do telefone 3312-3070 (ramal 204).

Gostou? Compartilhe