Centro Municipal dos Professores tem nova direção

Por
· 1 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

A recém eleita direção colegiada do Centro Municipal dos Professores – CMP foi empossada na sexta-feira, oportunidade em que realizou a primeira reunião da gestão. Na ocasião foi debatida a situação da educação municipal e as perspectivas para o biênio 2010 – 2012. A eleição do CMP ocorreu na segunda-feira passada, quando os filiados da entidade puderam escolher seus representantes através de chapa de consenso que integra a experiência de professores que já representaram à categoria em várias entidades e órgãos da municipalidade.

A atual direção ficou composta pelos seguintes professores: Antonio Vicente Wommer, Cenézio Camargo Corrêa, Denise Aparecida de Vargas, Edemar da Silva, Giovana Aparecida Garcia, Lília Zasso, Márcia Cristina Leida dos Santos, Maria Luiza Favaro da Costa, Nádia Moccelin, Nice Cecília Cerrati, Nilva Toaza Subtil de Oliveira, Paulo Vanderlei Canabarro da Silva, Rangel de Camargo Rodrigues, Regina Costa dos Santos, Suzana Alves da Silva, Teresinha de Fátima Nunes Farias, Valdir Scarsi e Zulmara Andrade Lorenzini.

O Centro dos Professores é uma entidade com 27 anos de história e congrega centenas de professores da rede municipal, tem como objetivos principais a defesa dos interesses da educação e seus profissionais. Suas ações estão voltadas para conquista e manutenção de direitos, melhoria das condições de trabalho, fortalecimento da luta coletiva perante aos poderes públicos e autoridades administrativas, promover a discussão sobre a realidade educacional, a valorização dos profissionais de educação e proporcionar espaço para discussão de referencias metodológicas para incrementar propostas pedagógicas voltadas ao educando. Pretende atuar ativamente, em conjunto com o Simpasso e entidades afins, buscando o reconhecimento do trabalho dos professores nos processos educativos, visando resgatar a percepção do educador como catalizador das transformações sociais e do nível de qualidade da educação municipal.

Gostou? Compartilhe