Dança, folclore, festa e magia popular

Ao completar a maioridade, a Escola de Samba Unidos da Vila promete conquistar a avenida e levar o primeiro título no Grupo Especial

Por
· 1 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Daniela Wiethölter/ON

A Escola de Samba Unidos da Vila carrega no próprio nome a referência da sua missão: unir as diversas vilas e bairros da cidade em torno da maior festa da cultura brasileira, o carnaval. Nove vilas fazem parte do corpo da escola, entre elas: Victor Issler, Bom Jesus, Vila Luiza, Tupinambá, Vila Jardim, Dom Rodolfo, Alexandre Zachia, Vila Carmem e Operária.

Para o carnaval 2010, quando completa 18 anos de existência, a escola vai levar para a avenida a união das festas, tradições e folclores da cultura popular brasileira. O samba-enredo, criado pelo sambista Paulinho da Imperadores e pela presidente da escola, Maria da Graça dos Santos, descreve a miscigenação de crenças, raças e tradições entre os dois extremos do país, do Monte Caburaí ao Chuí. "A ideia em 2010 é surpreender, levando para a avenida tudo o que forma a nossa cultura", explica a presidente da escola.

A matéria completa na edição de ON desta quarta-feira (10)

Gostou? Compartilhe