Todas as regiões do estado são classificadas em bandeira laranja

Passo Fundo está nessa classificação desde sábado (19)

Por
· 2 min de leitura
(Imagem: Divulgação)(Imagem: Divulgação)
(Imagem: Divulgação)
Você prefere ouvir essa matéria?

O mapa preliminar da 21ª rodada do Distanciamento Controlado tem todas as regiões Covid do estado em bandeira laranja. O anúncio foi realizado pelo governador Eduardo Leite em uma live nas redes sociais. Esta é a primeira vez em três meses que o estado todo é classificado desta forma. O governador destacou a redução dos índices, inclusive da ocupação dos leitos de UTI. “Uma notícia muito importante para o RS, mas importante lembrar que o Covid não passou, ainda é uma grande preocupação para todos nós”, enfatizou o governador. 

A região de Passo Fundo está em bandeira laranja desde sábado (19). Apesar da classificação, a região continua se destacando entre as regiões com maior número de novos registros de hospitalizações nos últimos sete dias, por local de residência do paciente, com 72 registros. A região está atrás apenas de Porto Alegre, que teve 222 registros.

Passo Fundo é adepta a cogestão, portanto pôde adotar protocolos de bandeira laranja enquanto estava em bandeira vermelha. O protocolo adotado determina que enquanto estiver em bandeira laranja, a região deve aplicar as medidas definidas pelo estado para a bandeira. Além disso, a região precisa ficar 14 dias na bandeira laranja para que haja a possibilidade de adotar protocolos de bandeira amarela, de acordo com o Procurador Geral de Passo Fundo, Adolfo Freitas, em entrevista na segunda-feira (21). Essas medidas ainda teriam que ser aprovadas por no mínimo dois terços dos prefeitos da Região, avalizadas por equipe técnica e encaminhadas para o Gabinete de Crise para o Enfrentamento da Epidemia de COVID-19. Assim, a região de Passo Fundo segue aplicando os protocolos definidos para a bandeira laranja.

O Estado aceitará pedidos de reconsideração à classificação de risco e de cogestão no prazo máximo de 36 horas após a divulgação do mapa preliminar.

Estado

Novos registros de hospitalizações por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), que resultaram em diagnóstico confirmado de Covid-19, caíram 25% nas últimas semanas – de 1.016 para 793. Além disso, entre as duas últimas quintas-feiras, o número de óbitos causados pela doença reduziu 19%, de 338 para 273.

Os internados em UTI por SRAG caiu 9% (de 884 para 806) e o número de internados em leitos de UTI com Covid-19 reduziu 5% (de 693 para 658). Esses declínios, constatados entre as duas últimas quintas-feiras, resultaram na elevação do número de leitos de UTI adulto livres, que cresceu 11% entre as últimas quintas-feiras, de 614 para 684.

Mesmo com o aumento dos pacientes internados por outros motivos, a queda do número de internados por Covid-19 e a abertura de novos leitos se traduziu em elevação na razão de leitos livres para cada ocupado por Covid-19.

RESUMO DA 21ª RODADA

Regiões que apresentaram melhora (4):

VERMELHA > LARANJA

  • Cruz Alta (em cogestão)
  • Novo Hamburgo (em cogestão)
  • Porto Alegre (em cogestão)
  • Santo Ângelo (em cogestão)

Regiões que permanecem iguais (17)

BANDEIRA LARANJA

  • Bagé
  • Cachoeira do Sul (em cogestão)
  • Canoas (em cogestão)
  • Capão da Canoa (em cogestão)
  • Caxias do Sul (em cogestão)
  • Erechim (em cogestão)
  • Guaíba
  • Ijuí (em cogestão)
  • Lajeado (em cogestão)
  • Palmeira das Missões (em cogestão)
  • Passo Fundo (em cogestão)
  • Pelotas (em cogestão)
  • Santa Cruz do Sul (em cogestão)
  • Santa Maria (em cogestão)
  • Santa Rosa (em cogestão)
  • Taquara (em cogestão)
  • Uruguaiana

Notícia atualizada às 18h35

Gostou? Compartilhe