Apae investe em energia solar e gera economia de cerca de 85%

Através dos 85 painéis que foram instalados em 2019, além da economia financeira, destaca-se a produção de energia limpa e sustentável pela instituição

Por
· 1 min de leitura
Além da economia, as placas fotovoltaicas trazem vantagens como a produção de uma energia limpa e sustentável (Foto: Divulgação)Além da economia, as placas fotovoltaicas trazem vantagens como a produção de uma energia limpa e sustentável (Foto: Divulgação)
Além da economia, as placas fotovoltaicas trazem vantagens como a produção de uma energia limpa e sustentável (Foto: Divulgação)
Você prefere ouvir essa matéria?

Com uma estrutura física de mais de três mil metros quadrados, a Apae de Passo Fundo busca recursos e ferramentas para reduzir suas despesas mensais que giram em torno de R$ 150 mil. Uma das alternativas encontradas para economia de energia elétrica, por exemplo, foi a instalação de placas de energia solar. As placas fotovoltaicas foram adquiridas através de um projeto aprovado pela Justiça Federal, responsável pela destinação da verba, e instaladas em 2019.

A energia solar é captada através de 85 painéis instalados em uma parte do telhado da sede da Instituição. O valor médio pago na conta de energia elétrica no ano passado, era de aproximadamente R$3.500. Em pouco mais de um ano, é possível notar uma economia de cerca de 85% na energia consumida, principalmente no período onde há predomínio de sol. Além da economia, as placas fotovoltaicas trazem vantagens como a produção de uma energia limpa e sustentável.

Para a presidente da Apae, Maria do Carmo Ortolan Grazziotin, o projeto reforça o comprometimento da Instituição com a comunidade, com seus usuários e com o meio ambiente. “Com a economia na energia elétrica devido a instalação dos painéis, podemos realizar outros investimentos e melhorias para o atendimento aos usuários, bem como, ao mesmo tempo, estamos fazendo nossa parte colaborando com o meio ambiente”, destaca.


Gostou? Compartilhe