IPVA: Em Passo Fundo, 26% dos motoristas pagaram antecipado

Município tem 77 mil veículos tributáveis e uma previsão de arrecadar mais de R$ 71 milhões

Por
· 2 min de leitura
Os contribuintes devem prestar atenção no calendário para descontos e para o parcelamento (Foto: LC Schneider/Arquivo/ON)Os contribuintes devem prestar atenção no calendário para descontos e para o parcelamento (Foto: LC Schneider/Arquivo/ON)
Os contribuintes devem prestar atenção no calendário para descontos e para o parcelamento (Foto: LC Schneider/Arquivo/ON)
Você prefere ouvir essa matéria?

Mais de 20,1 mil condutores realizaram o pagamento antecipado do IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) de 2021, em Passo Fundo. Pagando até 30 de dezembro, os contribuintes garantiram uma redução de 3% no tributo e o valor da Unidade de Padrão Fiscal (UPF-RS) nos patamares de 2020. 

Já foram arrecadados R$ 21,1 milhões em Passo Fundo, que representa 30% do previsto. A estimativa é arrecadar R$ 71,1 milhões de 77 mil veículos tributáveis. Do total, 50% do valor arrecadado fica nos cofres da Prefeitura. 

Os pagamentos antecipados caíram pouco em comparação ao IPVA 2020. Até o final de 2019, 27,1% dos veículos já estavam com o tributo quitado, somando 21 mil pagamentos. 

Região

Na região, aproximadamente 78,5 mil veículos realizaram o pagamento até o final de 2020. O número representa 28,3% dos 277 mil veículos tributáveis. Nos 83 municípios que a 5ª Delegacia da Receita Estadual (DRE) abrange foram arrecadados R$ 76 milhões, correspondente a 32,1% do total de R$ 236,4 milhões previstos. 

Também houve queda na antecipação na região. Em 2019 foram mais de 79,8 mil pagamentos antecipados, que correspondem a 29,1% dos veículos tributáveis no IPVA 2020.

Descontos

Os contribuintes devem prestar atenção no calendário para descontos e para o parcelamento. Até 29 de janeiro o desconto é de 3% e pode ser realizado o parcelamento em três vezes. “Quem quiser parcelar tem que fazer em janeiro”, destaca o delegado adjunto da 5ª DRE, Rogério Biondo. 

A partir de fevereiro não é mais possível parcelar. O desconto em fevereiro passa para 2% e quem pagar até 31 de março terá desconto de 1%. Depois de março até o vencimento ficam disponíveis apenas os descontos de Bom Motorista (de até 15% para três anos sem infrações de trânsito) e de Bom Cidadão (até 5% para 150 notas fiscais ou mais com CPF).

Após o vencimento da placa, que ocorre em abril, o contribuinte não tem mais acesso a descontos e deve pagar multa. “Quem não pagar no prazo pode ir pagando em até 60 dias depois do vencimento da placa sem entrar em dívida ativa, porém tem multa moratória diária” ressalta Biondo.

Pagamento

Devem pagar o IPVA todos os proprietários de veículos automotores fabricados a partir de 2002. Ele pode ser quitado em qualquer agência, pontos de atendimento ou via home banking (internet) dos bancos Banrisul, Bradesco, Sicredi e Santander. É possível também fazer o pagamento nas agências lotéricas da Caixa Econômica Federal e no Banco do Brasil (no BB, o pagamento é somente para clientes).

A taxa de licenciamento e multas podem ser pagas separadamente do IPVA. Para quitar o IPVA, o proprietário precisa apresentar o Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV) ou a placa e o Renavam do veículo.

Inadimplência

A inadimplência do IPVA 2020 em Passo Fundo é maior que a estadual. Na cidade 4,63% dos veículos não realizaram o pagamento até o final do ano passado, enquanto no estado 3,93% estão inadimplentes. Na região a inadimplência ficou em 3,39%.

Gostou? Compartilhe