LAURO KORTZ: Voos serão suspensos a partir de segunda

Consórcio que trabalha na revitalização do aeroporto vai iniciar a intervenção na pista, na próxima semana

Por
· 1 min de leitura
Luciano Breitkreitz/ON Luciano Breitkreitz/ON
Luciano Breitkreitz/ON
Você prefere ouvir essa matéria?

Na próxima segunda-feira, 11, serão suspensos os voos da Gol operados no Aeroporto Lauro Kortz, que estará fechado pelos próximos 120 dias. O consórcio vencedor da obra Traçado-Engelétrica, deve iniciar a intervenção na pista e, se tudo ocorrer dentro do previsto, ela ficará pronta em maio. Segundo a Secretaria de Infraestrutura, quando os voos retornarem, a pista estará reformada e ampliada, incluindo a utilização de novos aparelhos que darão mais segurança aos voos. O último voo da Gol entre Passo Fundo-Guarulhos será no domingo. A aeronave pousará às 18h45 e vai decolar às 19h30.

A operação da Gol não será transferida para outros aeroportos, como se chegou a cogitar no caso de Santo Ângelo. O aeroporto de lá não comporta receber Boeing e a Gol precisaria montar uma estrutura para transportar passageiros de Passo Fundo e região via terrestre até outro aeroporto, o que é ainda mais complexo diante de uma pandemia.

Já a aviação geral, que inclui aeronaves executivas, aviões-ambulância ou de recreação, deverá buscar opções próximas para operar nesses quatro meses. Aeronaves baseadas no Lauro Kortz devem ser transferidas para Carazinho e Erechim. Algumas podem operar nas pistas do Aeroclube de Passo Fundo que, apesar das precárias condições de acesso, ocasionalmente recebe até aviões-ambulância ou outros bimotores executivos.

A Traçado-Engelétrica trabalha na preparação dos canteiros de obras próximo da pista, que sofrerá intervenção e também próximo ao local onde será construído um novo Terminal.

Os investimentos totalizam R$ 45 milhões,  sendo R$ 43,7 milhões do Fundo Nacional de Aviação Civil e R$ 1,3 milhão de contrapartida do Governo do Estado do Rio Grande do Sul.

Gostou? Compartilhe