Vacinação em Passo Fundo começa por profissionais da saúde

Hospitais receberão lista e doses para iniciar a aplicação na tarde desta quarta-feira

Por
· 1 min de leitura
Quantitativo de doses será entregue aos hospitais Quantitativo de doses será entregue aos hospitais
Quantitativo de doses será entregue aos hospitais
Você prefere ouvir essa matéria?

Iniciará oficialmente, nesta quarta-feira (20), a vacinação contra a Covid-19 em Passo Fundo. Neste primeiro momento, de acordo com orientação do Governo do Estado e seguindo um cronograma, receberão a primeira dose da vacina 5.035 pessoas. São elas: profissionais da saúde que atuam na linha de frente na luta contra a Covid-19; idosos que vivem em Instituições de Longa Permanência (ILPIs) e funcionários destes locais; além de indígenas aldeados.

Na tarde de hoje, começarão a ser vacinados os profissionais de saúde que atuam diretamente no enfrentamento da Covid-19 nos hospitais São Vicente de Paulo, de Clínicas e Prontoclínica e na emergência do Hospital Municipal. No começo da tarde, após a entrega de relatórios com os nomes dos profissionais e setor de atuação, as instituições retirarão as doses junto à Vigilância em Saúde.

Na quinta-feira (21), iniciará a imunização de idosos e funcionários das Instituições de Longa Permanência (ILPIs). Na sexta-feira (22), serão vacinados os trabalhadores dos Cais Petrópolis e Boqueirão, as equipes de vacinação das unidades de saúde da rede municipal e as equipes de salvamento dos Bombeiros, Samu, Unimed e Argus. Para a semana que vem, está prevista a vacinação dos profissionais da rede municipal que atuam na coleta de exames de Covid-19. A imunização dos indígenas aldeados é estruturada para ocorrer nos próximos dias.

A secretária de Saúde, Cristine Pilati, reforça que as pessoas precisam ficar atentas e respeitar as orientações da Prefeitura, não se dirigindo às salas de vacinação. “Não há necessidade para que seja feito qualquer tipo de inscrição. A imunização seguirá a quantidade de doses disponíveis. O Município informará como a vacinação será realizada para cada grupo”, observa.

População deve aguardar orientações

Como, neste momento, a vacinação é feita a alguns grupos da primeira etapa, a população não deve ir até as salas de vacinação. Conforme a disponibilidade de doses, os outros grupos contemplados na primeira etapa de vacinação serão chamados. Esse é o caso de demais profissionais da saúde, idosos com mais de 75 anos e pessoas com 60 anos ou mais acamadas em domicílio.

Gostou? Compartilhe