Passo Fundo começa a vacinar idosos com mais de 95 anos e profissionais de saúde com mais de 70

Movimento nos postos foi pequeno no primeiro dia

Por
· 1 min de leitura
O médico psiquiatra Carlos Roberto da Silveira Hecktheuer (79) e o músico Plínio Mena Barreto (96) estão entre as primeiras pessoas vacinadas. (Fotos: Diogo Zanatta/PMPF)O médico psiquiatra Carlos Roberto da Silveira Hecktheuer (79) e o músico Plínio Mena Barreto (96) estão entre as primeiras pessoas vacinadas. (Fotos: Diogo Zanatta/PMPF)
O médico psiquiatra Carlos Roberto da Silveira Hecktheuer (79) e o músico Plínio Mena Barreto (96) estão entre as primeiras pessoas vacinadas. (Fotos: Diogo Zanatta/PMPF)
Você prefere ouvir essa matéria?

Após quase duas semanas de vacinação dos primeiros grupos prioritários, Passo Fundo começou a avançar hoje (09) com a vacinação de profissionais da saúde em atividade com mais de 70 anos e de idosos com mais de 95 anos.

A redação do ON notou pequeno movimento nos postos de vacinação da cidade durante esta tarde. O médico psiquiatra Carlos Roberto da Silveira Hecktheuer (79) e o músico Plínio Mena Barreto (96) estão entre as primeiras pessoas vacinadas.

O começo da imunização destas populações-alvo ocorreu após Passo Fundo receber mais 3.500 doses da Coronavac. Do total dessas unidades, 1.330 serão destinadas a profissionais da área da saúde com idade igual ou superior a 70 anos e 2.170 a idosos, seguindo um cronograma estruturado pela Secretaria de Saúde.

Calendário

  • A partir de hoje: profissionais da saúde que atuam fora dos hospitais e que possuem 70 anos ou mais;
  • Entre hoje e amanhã: idosos com idade superior a 95 anos;
  • Entre quinta e sexta-feira: idosos que têm entre 90 e 94 anos.

Locais de vacinação

Ao todo, foram elencadas sete salas de imunização: nos Centros de Atendimento Integral à Saúde (Cais) Hípica, São Cristóvão e Vila Luíza; nas Estratégias de Saúde da Família (ESF) dos bairros São José e Nenê Graeff; no Ambulatório de Especialidades; e na Central de Vacinas.

Os Cais e Central de Vacinas funcionam de segunda a sexta-feira, das 08h às 18h. Já as ESF e o ambulatório operam de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h30 e das 13h às 16h30.

Os idosos com dificuldades na locomoção serão vacinados no carro após terem a documentação registrada na unidade.

Documentos

Para receber a vacina, os idosos devem portar um documento de identificação com foto, CPF ou cartão SUS e comprovante de residência.

No caso dos profissionais de saúde, além desta documentação, é necessário levar diploma e registro no órgão de classe atualizado.

Gostou? Compartilhe