Passo Fundo irá homenagear mulheres pioneiras com comenda

Comenda Anna Theodora será entregue a mulheres que abrem caminhos

Por
· 1 min de leitura
O primeiro registro de participação feminina, em Passo Fundo, é de Anna Theodora (Foto: Arquivo/IHPF)O primeiro registro de participação feminina, em Passo Fundo, é de Anna Theodora (Foto: Arquivo/IHPF)
O primeiro registro de participação feminina, em Passo Fundo, é de Anna Theodora (Foto: Arquivo/IHPF)
Você prefere ouvir essa matéria?

Nos próximos dias, a Prefeitura de Passo Fundo, por meio da Secretaria de Cultura e da Coordenadoria da Mulher, homenageará mulheres que quebraram barreiras e ocupam espaços que, antes, eram apropriados somente por homens.

A Comenda Anna Theodora será entregue a mulheres que representam pioneirismo na história de Passo Fundo. “Buscamos, com essa condecoração, reconhecer o mérito pessoal e profissional de mulheres que estão abrindo caminhos, como tantas já o tem feito. É graças à mulheres corajosas e preparadas que hoje temos tantos espaços justamente compartilhados, independente de gênero”, enfatiza a secretária de Cultura, Miriê Tedesco.

A coordenadora da Mulher, Eni hanauer, reforça o impacto da ação. “É visível que houve avanços e que, nos tempos atuais, a mulher tem o seu espaço reconhecido na sociedade. Mas ainda temos muito o que fazer. Por isso, é importante reforçar e renovar esse movimento”, considera.

Anna Theodora de Oliveira Rocha (1858-1941)

A Secretaria de Cultura buscou, junto ao Instituto Histórico de Passo Fundo (IHPF), pesquisas sobre mulheres que representaram pioneirismo na história da cidade, chegando, então ao nome de Anna Theodora.

Conhecida como Inharica, Anna nasceu no ano de 1858. Foi proprietária de terras e trabalhou com a criação de mulas. Casada com Diogo da Silva Rocha, nascido em 12 de novembro de 1845, foi a primeira mulher a atuar como líder política em Passo Fundo. Foi membra da comissão do Centro Republicano Liberal e presidente honorária do Grêmio Feminino Liberal, fundado em 1934. Inharica faleceu em 12 de setembro de 1941.

Segundo as apurações junto ao IHPF, este é o primeiro registro de participação feminina, em Passo Fundo, nos espaços de predominância masculina. Para a mulher, cabia a participação em ações religiosas e beneficentes. Antecipou-se, Anna Theodora, até a possibilidade de voto feminino, que só foi assegurado em 1934.

Gostou? Compartilhe