No Dia Mundial da Saúde entidades realizam ato para lembrar vidas perdidas para pandemia e direito à saúde

Por
· 1 min de leitura
Fotos: Gerson Lopes/ONFotos: Gerson Lopes/ON
Fotos: Gerson Lopes/ON
Você prefere ouvir essa matéria?

O Comitê Popular por Saúde Democracia e Direitos e Fórum Popular de Saúde estão realizando agora no final da manhã, no período entre 11h e 12h, um ato simbólico na praça Marechal Floriano.

O ato é organizado pelo Comitê Popular por Saúde, Democracia e Direitos (que reúne mais de 50 organizações de Passo Fundo) para fazer a mobilização da sociedade para o enfrentamento da pandemia. Também participa o Fórum Popular em defesa da Saúde Pública, que reúne organizações que atuam no controle social da política de saúde.


O objetivo é que hoje, no Dia Mundial da Saúde com o contexto da pandemia, se coloque o direito à saúde no centro do debate no mundo todo e no Brasil. O Sistema Único de Saúde, segundo os organizadores, se mostra estratégico para a garantia do direito à saúde no Brasil, inclusive no contexto da pandemia. Infelizmente as mortes por Covid só crescem e em Passo Fundo e já são mais de 400 vítimas, por isso a atividade serve também para lembrar a memória dos mortos como alerta para a necessidade da agilização da vacinação, da necessidade dos cuidados preventivos pela população (isolamento, máscara, higiene).

O Comitê atua desde abril de 2020 e completa um ano de realização de várias atuações de mobilização da sociedade passo-fundense. 


Gostou? Compartilhe