Celulares e notebooks apreendidos serão recondicionados pela FUPF para doação a estudantes da rede pública

Termo de Cooperação entre a Fundação Universidade de Passo Fundo (FUPF), Delegacia de Polícia Regional do Interior de Passo Fundo e Ministério Público foi assinado nesta terça-feira, 17 de agosto

Por
· 1 min de leitura
O ato de assinatura do Termo de Cooperação foi realizado no Ministério Público, nesta terça-feira, 17 de agosto (Foto: Natália Fávero/UPF)O ato de assinatura do Termo de Cooperação foi realizado no Ministério Público, nesta terça-feira, 17 de agosto (Foto: Natália Fávero/UPF)
O ato de assinatura do Termo de Cooperação foi realizado no Ministério Público, nesta terça-feira, 17 de agosto (Foto: Natália Fávero/UPF)
Você prefere ouvir essa matéria?

Em meio a um contexto de pandemia de Covid-19 e os desafios do ensino remoto, instituições se unem para oportunizar aparelhos eletrônicos para estudantes da rede pública acessarem as aulas. Um Termo de Cooperação assinado entre a Fundação Universidade de Passo Fundo (FUPF), Delegacia de Polícia Regional do Interior de Passo Fundo e Ministério Público, nesta terça-feira, 17 de agosto, possibilitará que celulares smartphones e/ou outros aparelhos tecnológicos, como notebooks, tablets e afins apreendidos pela polícia, em especial no Presídio Regional de Passo Fundo, sejam restaurados pelo curso técnico em Eletrotécnica do Centro de Ensino Médio Integrado UPF e destinados, em breve, aos estudantes.

A iniciativa funciona no escopo do projeto Alquimia II do Ministério Público, que já ocorreu em outros municípios do Rio Grande do Sul. Neste primeiro lote, a FUPF recondicionará cerca de 200 aparelhos. A FUPF, representada pelo seu presidente, professor Me. Luiz Fernando Pereira Neto, destacou a importância desta iniciativa. “Nós, enquanto uma fundação filantrópica e comunitária, temos que ter essa proximidade com a sociedade e esse tipo de parceria vai ao encontro da nossa missão. Esse convênio é para algo muito nobre, já que beneficiará o grande número de crianças que não têm acesso a aulas por falta de equipamentos. A Fundação se sente honrada em poder auxiliar na recuperação desses equipamentos, que serão destinados às crianças para que tenham acesso às aulas on-line”, salientou o presidente da FUPF.

Os equipamentos deverão ser encaminhados ao Integrado UPF nas próximas semanas. Após a restauração dos aparelhos, eles serão encaminhados, por meio dessa parceria, à Prefeitura de Passo Fundo, através da Secretaria de Educação, que repassará os equipamentos aos estudantes e escolas que necessitam, conforme mapeamento que está sendo realizado pelo poder público.

Além do presidente da FUPF, participaram do ato de assinatura do Termo de Cooperação os delegados Adroaldo Schenkel e Gilberto Mutti Dumke, os promotores de justiça Julio Francisco Ballardin e Leonardo Giardin de Souza, e as assessoras jurídicas do MP/RS Bia Makki Weinert e Camila Rodrigues Costa.

Gostou? Compartilhe