Programação já começou!

Comida típica, brincadeiras e música marcam as atividades promovidas pelas escolas de Passo Fundo ao longo do mês de junho

Por
· 1 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

As festas juninas promovidas pelas escolas de Passo Fundo começaram na última segunda-feira (1) e se estendem ao longo do mês. As atividades já são uma tradição tanto nas escolas particulares, como nas estaduais e municipais e contam com traje caipira, comidas típicas, música, dança, apresentações e brincadeiras.

O Colégio Notre Dame abriu os festejos na última segunda-feira (1)com uma programação especial: a Festa Junina Literária. Na atividade, cada brincadeira voltada aos estudantes estava relacionada com a literatura. Na pescaria, por exemplo, ao invés de pequenos brindes, os estudantes pescavam dicas literárias. No sábado (6) tem mais festa. A assessoria de comunicação e marketing informa que em virtude da obra que acontece, a festa será realizada no Ginásio de Esportes, e não na área externa, como era todos os anos.

Confira o calendário das escolas:

Colégio Notre Dame

Data: 06 de junho – sábado

Horário: 13h30 às 17h

 

Colégio Notre Dame Menino Jesus

Data: 13 de junho – sábado

Horário: 13h às 17h30

 

Instituto Menino Deus

Data: 13 de junho – sábado

Horário: 10h às 15h

 

Colégio Marista Conceição

Data: 20 de junho

Horário: sem horário definido

 

Colégio Salvatoriano Bom Conselho

Data: 20 de junho – sábado

Horário: 14 às 18h

Escolas Municipais

Cada comunidade escolar municipal define a sua própria programação. As atividades acontecem dentro do mês de junho com comidas típicas, apresentações, e brincadeiras.

Escolas Estaduais

Segundo a 7ª Coordenadoria Regional de Educação, as festas juninas nas escolas estaduais estão previstas no calendário escolar para acontecerem durante o mês de junho, mas cada escola define o dia, horário e programação.

O que são as festas juninas?

As festas juninas, foram originalmente criadas em homenagem aos santos do mês: Santo Antônio, São João Batista e São Pedro. Essas festas foram trazidas pelos portugueses e nas comemorações atuais são conservados muitos elementos das velhas civilizações, em que as populações do campo festejavam as proximidades da colheita, por exemplo. A fogueira era uma maneira de festejar a chegada, dessas colheitas, elemento que acaba aparecendo nas festas, porém apenas representado artificialmente na maioria das festas.



Gostou? Compartilhe