Perda e roubo de documentos deve ser registrada

O alerta gratuito deve ser feito pelos consumidores no Balcão de Atendimento do SCPC Passo Fundo

Por
· 1 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

Quem perde ou tem os documentos roubados deve ter cuidados fundamentais para evitar o uso indevido de seus dados. Os extravios e furtos de documentos e cheques podem causar uma série de consequências para o bolso e para o nome do consumidor. Por isso, a CDL Passo Fundo orienta redobrar a atenção com malas, bolsas e carteiras, e a comunicar o ocorrido de forma rápida aos órgãos responsáveis.

Para o diretor do SCPC de Passo Fundo, Valter Ceolin, quando acontece a perda ou o furto de um documento pessoal, como RG, CPF, Carteira de Motorista, Carteira de Trabalho, ou mesmo de cheques, é fundamental o registro do Boletim de Ocorrência (BO) e a emissão de um Alerta, serviço oferecido gratuitamente pelo Balcão de Atendimento do SCPC. “Este serviço é uma segurança tanto para os cidadãos, quanto para as empresas. Com o Alerta, o SCPC repassa a informação de que tal documento foi roubado ou extraviado no momento da consulta e o credor consegue evitar a venda a uma pessoa mal-intencionada”, explica Ceolin.

Segundo o diretor, a informação fica disponível por cinco anos para quem faz as consultas no SCPC. “O próprio consumidor pode fazer o pedido de exclusão a qualquer momento. Se não o fizer, o registro é deletado do cadastro após cinco anos”, completa. Caso o cidadão queira continuar com o aviso de extravio do documento ou cheque após os cinco anos, precisará fazer novo pedido e apresentar o Boletim de Ocorrência.

O Balcão funciona de segunda à sexta-feira, das 13h30m às 17h30m, e fica localizado na Rua General Netto, número 443, andar térreo. No local o consumidor também pode consultar a situação de seu CPF junto ao SCPC, conferindo o valor e o estabelecimento onde se encontra a pendência.

Gostou? Compartilhe