Mais informação sobre o itinerário

O aplicativo israelense Moovit já funciona há uma semana em Passo Fundo. Com a ferramenta, usuários de coletivos urbanos podem verificar proximidade dos ônibus e detalhes dos itinerários

Por
· 2 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

A partir de agora o usuário do transporte coletivo de Passo Fundo pode acompanhar os itinerários dos ônibus das três empresas concessionárias. Isso é possível através do aplicativo Moovit, que já opera na cidade há uma semana. O sistema funciona como uma espécie de ‘Waze’ ou ‘Wikipedia’ do transporte público: as rotas são listadas a partir do mapeamento das operadoras e, com base nisso, o usuário pode acrescentar informações como a situação da parada ou mudanças no itinerário, por exemplo. Ali também estão os horários, opções de trajeto e trânsito em hora real por onde passarão os veículos públicos. Em Passo Fundo já foram mapeadas 41 linhas de ônibus e mais de 1,3 mil paradas.

De acordo com o embaixador da plataforma no RS, Cristiano Martins, o aplicativo foi criado em Israel em 2012, mas o país onde mais fez sucesso foi no Brasil. “Talvez porque o país tenha uma dificuldade de informação com o transporte público e também por ter a característica de funcionar como uma comunidade. É parecido com os sistemas ‘Waze’ ou ‘Wikipedia’, que são muito populares no Brasil, onde o usuário pode atualizar e acrescentar informações sobre o tráfego em tempo real”, explicou. No RS desde 2014, a empresa procurou expandir para regiões onde sabia-se da deficiência nas informações sobre o transporte público. Além de Passo Fundo, o aplicativo já funciona em Caxias do Sul, Santa Maria, Santa Cruz do Sul, Pelotas, Rio Grande e na região metropolitana. O processo na cidade começou a ser organizado ainda no ano passado, quando começou o processo de mapeamento das rotas do itinerário. Tanto a Codepas quando a Transpasso e Coleurb disponibilizaram informações para que se pudesse viabilizar o aplicativo.

Além de Passo Fundo, a empresa estuda a viabilidade de mapear as informações de Carazinho e Marau. “A nossa intenção é que formemos uma ligação regional: o aplicativo não ficar somente restrito a cidade, mas também oferecer possibilidade para quem se desloca para a região. Sabemos que existe uma ligação regional bastante grande entre Passo Fundo, Carazinho e Marau. A nossa ideia é permitir que a plataforma oriente o deslocamento apenas com o transporte público”, completou Martins. Algo semelhante foi feito entre Pelotas e Rio Grande. “Mapeamos os dois municípios e as linhas intermunicipais. Se você quiser, pode ir de uma cidade para outra só com auxílio do transporte público”, completou. 

Como o app funciona

No Moovit, o usuário pode editar informações sobre o tráfego e rotas do coletivo urbano. A plataforma apresenta os pontos de parada, itinerário que a linha percorre e grade horária. De acordo com Martins, é possível que dentro de algumas semanas os ônibus da Coleurb apresentem também o percurso dos seus ônibus em tempo real, a partir de sinal GPS. “Com esta ferramenta, o usuário vai estar na parada e saber daqui quanto tempo o ônibus passará no local”, afirmou. O recurso, no entanto, ainda está sendo alinhado com a empresa. O aplicativo está disponível para download gratuito nas plataformas iOs, Android, Windows Phone e versão web. Já são atendidas mais de 1,5 mil cidades do mundo. 

Gostou? Compartilhe