Circulo Operário: escola é intimada a desocupar o prédio

Por
· 1 min de leitura
Ação tramita na Justiça Federal desde 1998Ação tramita na Justiça Federal desde 1998
Ação tramita na Justiça Federal desde 1998
Você prefere ouvir essa matéria?

Um oficial de justiça esteve na escola Círculo Operário Passo-fundense para cobrar a desocupação do prédio, na tarde de sexta-feira (1º). O imóvel foi arrematado em leilão no ano passado e o arrematante reivindica a apropriação do local. A venda do prédio foi realizada em decorrência de uma ação de execução fiscal, que tramita na Justiça Federal de Passo Fundo, cuja União moveu contra a escola, ainda em 1998. 

O Circulo Operário foi intimado a desocupar o local no dia 15 de fevereiro, data em que foi emitido o mandado de imissão da posse, com prazo de cinco dias para entrega do bem. A transferência do imóvel ficou agendada para o dia 25 de fevereiro, porém na data o oficial de justiça retornou à escola e foi informado de que como o ano letivo havia começado, estava em tratativas para locação do imóvel e por isso precisava de um prazo para formalização ou não do contrato. Com isso, o agendamento para entrega do imóvel foi postergado para tarde do dia 1º de março. As informações foram extraídas do processo judicial que tramita na Justiça Federal de Passo Fundo.

A direção da escola esteve reunida no final da tarde de sexta-feira e comprometeu-se em emitir um comunicado sobre o assunto, mas até o fechamento desta edição isso não ocorreu. A reportagem contatou o arrematante do imóvel, mas o novo proprietário do prédio não quis se manifestar.

Gostou? Compartilhe