Credibilidade é tema de campanha do SINDIJORE-RS para valorização do meio jornal

"Buscar a verdade é o papel do jornal. E o seu, também" é o conceito da campanha publicitária assinada pela Vossa

Escrito por
,
em

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir sua matéria?

O Sindijore-RS (Sindicato das Empresas Proprietárias de Jornais e Revistas do Rio Grande do Sul), entidade que reúne as principais publicações do Estado, lança nesta sexta-feira (08) campanha publicitária de valorização do meio jornal. Com o conceito "Buscar a verdade é o papel do jornal. E o seu, também", as peças reforçam a credibilidade dos jornais no combate às notícias falsas (fake news) e salientam a sua capacidade de apresentação em múltiplas plataformas.


Dedicada aos leitores, anunciantes, agências de publicidade e sociedade em geral, a ação destaca a importância dos jornais, desde a produção da notícia até sua publicação, sempre pautados pela verdade e pela ética.
As peças criadas pela Vossa Estratégia e Comunicação serão veiculadas em jornais, revistas e plataformas digitais das publicações.
Para o presidente do Sindijore-RS, André Jungblut, "a campanha está baseada na credibilidade do meio jornal e no seu compromisso com o leitor. Compromisso que inclui fontes confiáveis e produção criteriosa até a sua publicação. O jornal impresso vai além da notícia. É um documento. Um registro da história. E ponto de partida para múltiplas plataformas. É também imprescindível para a manutenção da sociedade democrática e plural".


Os meios de comunicação, especialmente os jornais, enfrentam grandes desafios para atingir os novos consumidores da informação, que têm a sua disposição inúmeros canais para acessar as notícias. Se por um lado o cruzamento de mídias e a facilidade de acesso à informação possibilitam confrontar diferentes versões para um mesmo fato, por outro, o imediatismo e a disputa por acessos em ambiente on-line, muitas vezes, abrem espaço para a divulgação de informações pouco comprometidas com a credibilidade. Além disso, a rápida veiculação da notícia não raro limita o conteúdo ao factual, sem análise e aprofundamento. É nesse contexto que o jornalismo de qualidade, com profundidade e comprometido com a verdade, necessita ser valorizado como uma ferramenta de utilidade pública para a defesa dos interesses da sociedade.
"Nossa diretoria considerou o momento estratégico para o desenvolvimento de uma campanha, em diferentes plataformas, que valorizasse três pontos fundamentais: jornalismo profissional, qualidade no conteúdo e credibilidade. O objetivo é valorizar o DNA das empresas do setor e promover a diferenciação tão necessária nesse novo mundo da informação", destaca Jungblut.

 

Gostou? Compartilhe