Uma nostalgia galáctica

Fãs da saga Star Wars devem movimentar as salas de cinema da cidade na estreia do último filme da franquia

Por
· 2 min de leitura
Mais de 500 aficionados pela saga de George Lucas esperam a projeção do filme no Passo Fundo ShoppingMais de 500 aficionados pela saga de George Lucas esperam a projeção do filme no Passo Fundo Shopping
Mais de 500 aficionados pela saga de George Lucas esperam a projeção do filme no Passo Fundo Shopping
Você prefere ouvir essa matéria?

 Se o amor pudesse ser representado de forma material, sem dúvida ele estaria em um dos cantos da casa do autônomo Elóy Mendes de Oliveira. Nas prateleiras de vidro, droides, jedis e siths ocupam o mesmo espaço ao lado de grossos livros que introduzem os leitores ao pêndulo da Força do universo Star Wars.

 A franquia, criada em 1977 pelo cineasta George Lucas, tem nesta quinta-feira (19) o capítulo final de uma série de oito filmes de fantasia científica e dois spin-offs com o nono episódio 'Star Wars: A ascensão Skywalker'. O dia 19 de dezembro, aliás, é tão importante para a legião de fãs das películas que Elóy afirma estar evitando acessar as redes sociais pelo temor de saber algum acontecimento de forma antecipada, já que a pré-estreia para convidados, jornalistas e críticos de cinema aconteceu na terça-feira (17), antes da estreia mundial. “Só sabemos que o final da saga tem de ser épico”, projeta ele.

A voz animada e o entusiasmo que manifesta ao fazer um passeio nostálgico pelo início da relação com a narrativa, ainda na primeira fase da trilogia formada pelo trio da Aliança Rebelde, Luke Skywalker, Han Solo e Princesa Leia, e da jornada do herói – centrada na figura do cavaleiro Jedi Luke -, para derrubar a tirania do Império Galáctico, lembrado na icônica representação de Darth Vader e do lado negro da Força, se converte em um modo inusitado de transferir a expectativa pelo lançamento. Ao lado de mais nove fãs da saga devidamente caracterizados, o autônomo vai recepcionar os espectadores que passarem pelas salas de projeção do Passo Fundo Shopping vestido com os trajes escuros do vilão da franquia. “Eu amo de coração”, declara ele que, quando não está envolvido em trabalhos de cosplay de Star Wars, ocupa-se profissionalmente com videogames retrôs.

 

“O que deslumbrou a gente no passado, ficou agora como amor”.

Elóy de Oliveira, fã da saga e cosplay do Darth Vader

 

Até que o Star Wars (quase) os separe

Entre os mais de 500 itens colecionáveis da saga que guarda com zelo nas estantes, paredes e chão da casa, o que inclui um manequim em tamanho real de um personagem da série e os reconhecidos sabres de luz, Elóy diverte-se ao lembrar de como todo o envolvimento com o cosplay iniciou há três anos quando fundou, junto a outros fãs da série, a Liga Star Wars Alliance: Posto Avançado de Passo Fundo. O capacete utilizado por Darth Vader nas reproduções cinematográficas, como conta, foi encomendado através de uma viagem feita por um amigo aos Estados Unidos. “Só tem quatro deles aqui no Brasil, um é o meu. Quase custou o meu casamento porque eu não avisei a esposa”, recorda, agora, aos risos. É que, na conversão de câmbio, o item custou, em moeda corrente, o aproximado a R$ 2 mil reais. Algumas coisas para ele, no entanto, não têm preço, têm valor. “Tem que amar. O que deslumbrou a gente no passado, ficou agora como amor”, pondera. “Tu assistir aquilo na época com a tecnologia que existia e se imaginar pilotando aquelas naves fascinava cada um”, diz.

O episódio IX da saga Star Wars, Star Wars: A ascensão Skywalker, que marca o término da nova trilogia, que iniciou em 2015 com o "Despertar da Força" e ainda contou com "Os Últimos Jedi", em 2017, foi exibido em pré-estreia local, na madrugada do dia 19, e terá sessão à noite no Cine Laser do Passo Fundo Shopping. A Liga Star Wars estará a partir das 19h em conferência de encontro com os demais fãs dos filmes de George Lucas para falar sobre a franquia.

Gostou? Compartilhe