Chuva deve continuar na região e amenizar estiagem

Escrito por
,
em
Luciano Breitkreitz / ON

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

A Defesa Civil do Estado emitiu na tarde de quarta-feira (20), um alerta para a possibilidade de chuvas intensas, com risco de temporais, raios, ventos e granizo em diversas regiões do RS, entre elas na região de Passo Fundo. De acordo com meteorologista da Sala de Situação da Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Infraestrutura (Sema), Cátia Valente, “uma frente fria acompanhada de chuvas intensas, está entrando no Estado pela Fronteira Oeste e será importante para amenizar os efeitos da estiagem”. Nos próximos três dias poderá chover entre 50 e 100 milimetros em muitas cidades gaúchas, de acordo com a meteorologista.

No estado, 390 municípios já decretaram situação de emergência devido a estiagem. Em Passo Fundo está em vigor um decreto de situação de emergência na área rural.  Por isso, a chuva vem em boa hora. “Qualquer chuva agora é muito bem vinda”, afirma o pesquisador da Embrapa Trigo Gilberto Rocca da Cunha. Ele explica que existem duas preocupações atualmente: a recuperação dos mananciais de água, importantes para o abastecimento, e da recuperação da umidade do solo, “para o estabelecimento das culturas de inverno”. 

No entanto, é necessário que as chuvas ocorram com certa regularidade. “O que precisamos agora é da regularização da passagem de frentes frias e consequentemente uma volta a normalidade dos evento de chuva”, explica o pesquisador. Após a chuva, as temperaturas devem baixar acentuadamente no final de semana. “Como é comum nesta época do ano”, afirma Cunha.

Gostou? Compartilhe